Tag Archive | "Reutilização"

BrickCap, tampinha que vira brinquedo de montar

Tags: ,

BrickCap, tampinha que vira brinquedo de montar

Postado em 04 fevereiro 2013 por Elisa Quartim

Tampinha que vira brinquedo de montar

BrickCap, tampinha que vira brinquedo de montar

 

As embalagens sempre foram ótimas para serem transformadas em brinquedos pelas crianças. Com a imaginação elas são transformadas, e se incorporam ao imaginário das crianças e prolongam o seu ciclo de vida.

A empresa fabricante de embalagens flexíveis Gualapack criou uma tampa que facilita a brincadeira. É a BrickCap, que além de dar segurança e inviolabilidade para produtos alimentícios, ela tem uma segunda função de ser transformada em brinquedo.

O design da tampa permite que ela encaixe em outra tampa podendo ser montada de várias formas, podendo ser constantemente remontada.

Vejam o video do produto abaixo:

 

 

Fonte:

http://www.packagingdigest.com/article/522820-BrickCap_A_packaging_closure_with_a_second_life.php

www.gualapack.com/en

Comentários (2)

slawi tea2

Tags: ,

Slawi – embalagem reutilizável de chá

Postado em 15 agosto 2012 por Elisa Quartim

 

Slawi é um chá tradicional de jasmim da Indonésia que recebeu uma nova proposta de embalagem pelo estudante Hans Ng da Malásia. A proposta do projeto é criar uma embalagem sustentável com o conceito dos 3Rs.

Os materiais são mais sustentáveis como a bolsa feita de gooni que pode ser reutilizado e o saquinho de chá é reciclável. Até mesmo a a etiqueta usou papéis reciclados.

Depois que o chá é consumido, a embalagem pode ser usada como uma pequena bolsa.

 

Fonte: http://www.behance.net/

Comentários (1)

Sendbag, embalagem para serviço postal que vira sacola

Tags: ,

Sendbag, embalagem para serviço postal que vira sacola

Postado em 10 julho 2012 por Elisa Quartim


Sendbag é uma ótima ideia de embalagem para envio de produtos pelo correio. Além de possibilitar a impressão de imagens ela é reutilizável virando um saco de papel. O papelão ondulado dentro Sendbag, pode também ser usado como um cabide de roupa. Feita de material 100% reciclado.

Sendbag também pode ser personalizada, permitindo imprimir uma ilustração personalizada,  podendo ser usada para publicidade.  Pode ser também uma embalagem ideal para a sua loja virtual ou até mesmo uma embalagem de presente para seus parentes e amigos que moram longe.

 

 

Para usá-la é só inserir os produtos que você deseja enviar na Sendbag, cole a tampa, anote o endereço do destinatário, e despachar no correio. O design é da Multipack Sentra Perkasa

Não dá vontade de jogar fora!

 

Fonte: http://www.thedieline.com/blog/2012/7/9/sendbag.html

Comentários (1)

caixas Deise1

Tags:

Caixa de Papelão Deise fornece caixas reaproveitadas e recicladas

Postado em 31 maio 2012 por Elisa Quartim

Vai mudar de casa e não tem a mínima ideia de onde conseguir tantas caixas para a mudança?
Não que comprar caixas novas, mas está difícil encontrar caixas boas no comércio?

Fiquei feliz em receber a indicação da Caixa de Papelão Deise. Ela é uma empresa especializada em reaproveitamento de caixas de papelão semi-novas e usadas e também novas. Há mais de 30 anos no mercado de reciclagem e reaproveitamento, eles tem uma linha de produtos bem diversificada com mais de 70 modelos entre eles tamanho e espessura de papelão.

Caixa de Papelão Deise oferece caixas para mudança residencial e comercial, estoque, armazenamento, transporte em geral, etc. Eles também tem um kit mudança para quem quer comodidade e facilidade na sua mudança.

Vejam como é o processo das caixas de papelão usadas:

  1.  As caixas de papelão são utilizadas por empresas dos mais variados tipos;
  2.  Após o seu primeiro uso, as caixas de papelão são adquiridas pela Caixa de Papelão Deise;
  3.  Neste momento, as caixas de papelão são minuciosamente selecionadas, limpas e invertidas;
  4.  Pronto! As caixas de papelão usadas estão em ótimas condições para o seu uso ou de sua empresa.

O foco da empresa é dar qualidade aos produtos, sem agredir ao meio ambiente, economizando água, energia, árvore e evitando a utilização de cloro e soda cáustica, entre outros agentes nocivos à natureza. Em 2010 a Caixa de Papelão Deise atingiu quase 1.000.000 de quilos de papelão recolocando no mercado sem o processo de reciclagem, evitando a fabricação de novos produtos com a derrubada de novas árvores..

Mais informações:

http://www.caixadepapelaodeise.com.br/

Comentários (0)

Chalk It Up – Caixa de giz multifuncional

Tags:

Chalk It Up – Caixa de giz multifuncional

Postado em 27 março 2012 por Elisa Quartim

Chalk It Up é uma caixa de giz multifuncional que tem o objetivo de ser ambientalmente correta e interativo com o usuário.
A caixa, por ter um uso secundário, acaba minimizando o seu impacto pois aumenta a sua vida útil.

O giz em si é colocado individualmente dentro de um prisma triangular que impede o giz de quebrar quando cai ou quando é transportado.

 

A embalagem é feita com o mesmo material usado para o quadro negro, tornando-se uma superfície para criar pequenas obras de arte e incentivando a criatividade.

Estas caixas são feitas para serem guardadas e reutilizados.

O design é de Sarah Minnerly

 

Fonte:

http://www.sarahminnerly.com/

Comentários (0)

Coleção AGUUU de móveis feito com caixa de papelão.

Tags: ,

Coleção AGUUU de móveis feito com caixa de papelão.

Postado em 13 março 2012 por Elisa Quartim

O designer de produtos Ronaldo Edson da Silva (Rona) confecciona móveis utilizando papelão ondulado de caixas descartadas. Essa é a coleção AGUUU composta de mobiliário, luminárias e objetos.

Banco Cabelo

 

 

Confeccionados com matéria-prima proveniente do lixo do prédio onde Rona mora, como as caixas de papelão. Os tecidos são coletados em ateliês ou adquiridos em lojas populares do centro da cidade de Maceió.

A inspiração para fazer a linha de móveis são as festas populares nordestinas, o estilista japonês Kenzo Takada e a teoria do caos.

 

Cadeira Enxerida

 

Seguem o conceito “do it yourself!” (faça você mesmo!). O processo utilizado para a confecção dos produtos foi o corte, dobra, cola e encaixe, podendo ser produzido de forma manual, semi-industrial e/ou industrial. Ele difunde as técnicas e pensa que as caixas de papelão já deveriam sair da fábrica com desenhos de molde no verso para que qualquer um, que adquirisse um eletrodoméstico, transforme a caixa em um novo produto.

Sistema Sanfonado

 

 

Vejam mais no site dele:

http://carapana.wordpress.com/2009/07/09/colecao-aguuu/

Foi um dos selecionados para a Bienal de Design de 2010

http://www.bienalbrasileiradedesign.com.br/bienal2010/?p=55

 

Comentários (2)

Caixa Checkout, uma alternativa às sacolas

Tags: ,

Caixa Checkout, uma alternativa às sacolas

Postado em 09 fevereiro 2012 por Elisa Quartim

A Jari Celulose, Papel e Embalagens, empresa do Grupo Orsa, coloca no mercado uma nova opção retornável para levar as compras para casa. Uma outra forma para substituir as sacolas pláticas descartáveis e criada para atender ao varejista que quer oferecer aos seus clientes opções para levar suas compras.

A Checkout é produzida em papelão micro-ondulado, matéria-prima proveniente de fontes renováveis, reciclável e biodegradável.

 As vantagens da Checkout são a facilidade na montagem, praticidade no empilhamento, resistência e forte apelo visual. Ela é fácil de estocar e suporta com segurança até 15 quilos.

Suas laterais podem ser customizadas com a impressão de logomarcas e/ou mensagens em até seis cores ou cinco cores+verniz e funciona também como um canal de mídia.

 

Sobre o Grupo Orsa

Uma das principais organizações brasileiras nos setores de madeira, celulose, papel e embalagens, com atuação também no mercado de produtos florestais não madeireiros, o Grupo Orsa traz a sustentabilidade como eixo de sua estratégia de negócios. Com capital 100% nacional, tornou-se referência mundial em manejo sustentável de floresta tropical nativa por suas operações em 545 mil hectares na região Amazônica do Vale do Jari, localizado entre os estados do Pará e do Amapá.

As empresas do Grupo – Jari Celulose, Papel e Embalagens; Orsa Florestal; Ouro Verde Amazônia e Fundação Orsa – atuam de forma integrada, em linha com o conceito internacional dos 3Ps (People – Pessoas, Profit – Lucro e Planet – Planeta), incorporando modelos de ação economicamente viáveis, socialmente justos e ambientalmente corretos.

 

Fonte:

http://www.pack.com.br/blog

http://www.portaldaembalagem.com.br/

Comentários (1)

Lemnis Lighting – embalagem e cúpula de abajur.

Tags: ,

Lemnis Lighting – embalagem e cúpula de abajur.

Postado em 02 fevereiro 2012 por Elisa Quartim

A empresa holandesa Lemnis Lighting, fabricante de lâmpadas de última geração, desenvolveu junto com a Celery Design uma embalagem que comunicasse os diferenciais de sustentabilidade da lâmpada mais econômica.

As lâmpadas consomem 90% a menos de energia comparadas às lâmpadas incandescentes e quase a metade de energia, quando comparadas às lâmpadas fluorescentes (CFL). Além disso, elas duram 35 anos (8 vezes mais que a fluorescentes) e não contém mercúrio tóxico. É um produto mais caro (25 dólares), mas a longo prazo, cada lâmpada representa a economia de cerca de 250 dólares para o usuário.

O projeto foi feito com um processo de design holístico e a exploração abrangente da marca. Foi pensado na pré-produção e na pós-produção.

Um produto com esse preço não deveria ser apresentado da mesma forma que uma lâmpada de um dólar. A uma tecnologia melhor e a experiência do usuário deveria refletir isso. Portanto, em vez de cores berrantes e elementos que pertubam, a embalagem Lemnis é limpa e delicada, com bastante espaço vazio e imagens repousantes.

O formato escolhido foi uma pirâmide truncada, que se destaca nas prateleiras e acomoda firmemente a lâmpada em seu interior. O formato é uma referência ao nome da lâmpada que é Pharoz, em homenagem ao farl que foi uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo.

Ela também se encaixa confortavelmente nos contêineres de embarque, o que faz dela uma solução boa de “design para a distribuição”.

O papel é 100% reciclado pós-consumo. E o formato foi estudado para caber seis caixas em uma folha de impressão.

A caixa também é dobrada e fechada sem uso de adesivo, o que facilita a reciclagem.

Foi imaginado todos os destinos possíveis para a embalagem e chegaram a conclusão de que o melhor destino possível seria manter a embalagem perto da lâmpada para qual ela foi feita. Dessa forma, foi projetada para que o consumidor pudesse desdobrá-la, virá-la ao contrário e usá-la como cúpula de abajur.

A caixa-pirâmide é mais cara que uma caixa retangular padrão usada para lâmpadas incandescentes ou as embalagens blister usadas para as fluerescentes compactas, apesar do aproveitamento de papel. Mas ela não é mais cara por ter seu preço embutido como uma porcentagem no custo da lâmpada e oferece um verdadeiro diferenciaç no mercado e um valor duradouro da marca.

O processo de design mudou a forma como a Lemnis concebia as embalagens. Em vez de ser um item de custo e uma superfície para mensagens, a embalagem se tornou uma fonte de valor e um verdadeiro diferencial da marca.

Um bom presente, uma história legal e uma experiência de marca profundamente diferente para essa nova tecnologia.

Fontes:

http://celerydesign.com/our-work/packaging/lemnis-lighting

DOUGHERTY, Brian. Design gráfico sustentável. São Paulo: Edições Rosari, 2011. pgs.151-153. ISBN 978-85-8050-003-5

Comentários (1)

hemp-4-haiti 3

Tags: , ,

Hemp 4 Haiti – Embalagem reutilizável de fibra de cânhamo

Postado em 31 outubro 2011 por Elisa Quartim

O designer americano Blake Lowther projetou uma embalagem reutilizável para enviar alimentos não perecíveis para as vítimas no Haiti. A ideia é enviar produtos com uma embalagem reutilizável, feito com uma das fibras naturais mais resistentes (a fibra de cânhamo) e, caso seja descartada, por ser uma fibra natural, é compostável. Elimina os resíduos e poluição ambiental que os produtos de ajuda aos desastres acabam deixando para trás. A embalagem é fabricada em instalações verde.

A embalagem é trabalhada à mão com cânhamo de alta qualidade, trançado de forma que pode ser facilmente desfiada depois que as mercadorias não perecíveis forem consumidas.  Uma vez desfiada, o cânhamo tem inúmeras aplicações práticas vitais para os esforços de ajuda. Levando o pacto em produtos de socorro, Hemp 4 fornece Haiti lutando comunidades com os meios para seguir em frente.

Junto à embalagem, vem uma etiqueta, identificando o produto enviado com uma foto. Ao desdobrar a etiqueta, há algumas sugestões de como reutilizar a embalagem e a fibra de cânhamo.

Não confundir o cânhamo com a maconha, cujo teor de THC (Tetraidrocanabinol) é bem superior ao do cânhamo, apesar de ambos pertencerem ao género Cannabis. A planta é integralmente utilizada para os mais diversos fins, mas destaca-se especialmente a sua fibra, também chamada de filame, muito usada na indústria de papel, pois um hectare de cânhamo produz o mesmo que quatro hectares de eucaliptos, num período de vinte anos.

Fonte:

http://www.behance.net/gallery/Hemp-4-Haiti-Project/

http://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A2nhamo

Comentários (0)

ThianaSantos4

Tags: ,

Thiana Santos – Acessórios de moda e decoração com garrafa PET

Postado em 07 outubro 2011 por Elisa Quartim

A pernambucana Thiana Santos, formada em Artes Plásticas pela UFBA, desenvolve acessórios de moda e decoração onde a principal matéria prima utilizada é a garrafa plástica em PET.

Thiana presta consultoria para trabalhos com grupos produtivos, sempre trazendo o conceito e a prática das questões ambientais como ferramenta para o desenvolvimento da produção artesanal.

Segundo ela, a análise do ciclo de vida, da embalagem e do transporte, a reciclagem após descarte e a matéria-prima utilizada são aspectos ecológicos que devem ser incluídos no desenvolvimento de produtos, industriais ou manufaturados.

Um desses produtos é o anel em PET fosco, escamado.

Nada é perdido no trabalho de Thiana, pedaços de pet que “sobram” de outras peças são reutilizados na produção de acessórios e podem virar um lindo colar como o Colar Retraços. Nada se perde, tudo se transforma! O que não é aproveitado é recolhido por catadores.

Para embalar os seus produtos, ela também desenvolveu uma embalagem feita com garrafa PET.

Vocês podem encontrar os produtos de Thiana Santos na loja Prazeres Accioly e Designersno Paço Alfandega em Recife, uma ótima opção para quem procura produtos diferenciados. Lá além de vender os seus produtos, ela fez o expositor para cintos e encharpes.

 

Veja video da reportagem da  TV Clube (Recife), produzido em novembro de 2007, com Thiana Santos

 

Vejam o video de demonstração dos produtos criados por Thiana Santos:

 

Mais informações:

http://tianasantos.blogspot.com/

Comentários (2)

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também