Tag Archive | "Natal"

Interfitas EX-100

Tags:

Natal com laços prontos de papel Kraft

Postado em 13 setembro 2011 por Elisa Quartim

Já estamos no segundo semestre e muitas empresas já tem que decidir qual será o brinde de final de ano, mas já pensaram qual será a embalagem?

A Interfitas faz laços que se abrem em segundos e decoram presentes fabricados com materiais naturais e biodegradáveis!
Feito com papel Kraft com certificação de origem, tinta à base de água e cordão de algodão.

O laço ou a fita decorativa de plástico em geral vai para o lixo após o uso, e se não for seletivamente reciclado, permanece no lixão uma centena de anos. Com o Laço Pronto da Interfitas isso não ocorre. Os matérias degradam-se em alguns meses se não forem reciclados, reutilizados ou reaproveitado.

É um produto exclusivamente brasileiro de uma indústria 100% nacional, estabelecida em São Paulo desde 1991, e principal fornecedora para atacadistas e varejistas do mercado brasileiro.

A Interfitas é uma indústria 100%  brasileira estabelecida desde 1991 em São Paulo, regulamentada e cumpridora de obrigações tributárias, fiscais e com mão de obra local registrada. Como toda indústria brasileira cumpridora de obrigações eles estão lutando contra o produto chinês.

Também produzem sacolas de papel Kraft vendidas com o Laço Pronto para fechamento simples e rápido de presentes.

Veja mais em www.interfitas.com.br

Comentários (0)

Natal_pãoacucar2010_1

Tags: , , , ,

Decoração pública de Natal com embalagens

Postado em 23 dezembro 2010 por Elisa Quartim

Chega o final de ano e todos se preparam para esse momento especial decorando com capricho e embelezando a cidade.

O que mudou nos últimos tempos é que as decorações começaram a aproveitar embalagens que seriam jogadas fora para uma segunda função muito mais alegre. Optando por uma decoração feita com material reciclável incentiva toda uma cadeia envolvida no processo e vários grupos de pessoas.

O material

Para adquirir o material necessário é preciso envolver cooperativas ou pessoas que já estejam trabalhando no processo de seleção de material. Adquirindo esse material você acaba ajudando várias famílias que vivem desse trabalho.

Outra opção é envolver vizinhos e amigos durante um tempo antes, para que separem esse material e contribuam para a decoração. Uma boa forma de iniciar a educação ambiental em uma pequena comunidade.

Projetando a decoração

Envolva artistas locais, conhecidos e desconhecidos, que tenham habilidade com esse tipo de material. Façam um bom planejamento prevendo a quantidade de material que será necessária.

Produção

Contrate pessoas da comunidade, ou mesmo as que estejam ligadas à cooperativa. Pode ser uma boa forma de desenvolver habilidades e transformar em novas formas de trabalho. O treinamento pode ser dado pelos mais experientes ou pelos artistas que desenvolveram a decoração.

Envolva a comunidade na produção da decoração. Acaba unindo as pessoas e dá continuidade ao processo de educação ambiental que se iniciou na seleção do material.

Comunicação

Divulgue a decoração na imprensa e nas mídias digitais, para que outras pessoas e cidades se inspirem na sua decoração. Mostre o processo e se possível coloque um passo a passo.

Vejam abaixo alguns exemplos:

Árvore com garrafa PET em Haifa – Israel

A designer Hadas Itzcovitch e seu pai o artista Ernest Itzcovitch, criaram em Haifa, nordeste de Israel, uma árvore de natal feita com garrafas PET.

Ernest e Hadas Itzcovitch usaram 5480 garrafas de plástico para construir a árvore. As luzes são de lâmpadas LED que economizam muito mais energia. Eles esperam que ela desperte as pessoas para as questões ambientais e de reciclagem.

Vejam o vídeo com o depoimento da designer:

Fonte:

http://allinpackaging.eu/

Conjunto Nacional – São Paulo

Todo ano, desde 2001, o prédio do Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, região central da capital paulista, se enfeita para o Natal com o material reciclável recolhido no condomínio.

Esse ano forma usados 7.000 CDs velhos, 24 mil garrafas PET e 24 mil embalagens plásticas, que foram reutilizados e transformados em adereços natalinos.

Na galeria, que fica na parte interna do edifício, o presépio montado é assinado pelo cenógrafo e diretor de arte Silvio Galvão, que, há dez anos, produz a decoração natalina do prédio. Ele ocupa uma área de aproximadamente 40 metros quadrados.

O projeto, executado em 180 dias, gerou trabalho para cerca de cem pessoas, desde criadores e mestres artesãos, até catadores das cooperativas.

Só na decoração da fachada, que é composta por 12 taças de 5 metros de altura, foram usadas cerca de 21 mil embalagens PET. O trabalho foi confeccionado pela Cooperativa Social de Trabalho e Produção de Arte Alternativa e Coleta Seletiva (Cooperaacs), com orientação do artesão Sandro Rodrigues. O material foi recolhido por meio do Programa de Coleta Seletiva, que funciona no subsolo do prédio desde 1992.

Fonte:

http://www.natalnacional.com.br/

Rede de supermercados Pão de Açúcar

Doze lojas da rede Pão de Açúcar terão, no Natal deste ano, enfeites – flores, mandalas, anjos e árvores natalinas – feitos a partir de garrafas PET e latas de óleo recicladas. Dez delas ficam na capital paulista e duas no interior do Estado (em Indaiatuba e Campinas).

No total, foram usados 90 mil garrafas e latas de óleo para criar 184 peças. A produção dos objetos foi feita por 22 pessoas, além do artista plástico Ivo Dantas.


Depois do Natal, os enfeites serão recolhidos por cooperativas e enviados para reciclagem.

Nas lojas da rede que ficaram fora do projeto, parte dos enfeites das árvores será de material reciclado, feitos pelos próprios funcionários, que receberam treinamento para desenvolver essa ação.

Vejam um vídeo do projeto:

Fonte:

http://www.guiadaembalagem.com.br/

Comentários (3)

cachepo10

Tags: , ,

Embalagens multifuncionais de panetone para o Natal

Postado em 24 novembro 2010 por Elisa Quartim

Chega essa época e os panetones se espalham pelos supermercados. Mais do que uma tradição de Natal, virou uma tradição de final de ano. Que tal repensarmos as embalagens de natal em algo que seja mais durável ou que pelo menos tenha mais de uma função.

Vejam a seguir alguma iniciativas de embalagens de panetone.

Farmtone

Essa embalagem promocional de panetone foi desenvolvida pela designer Flavia Oliveira para a loja de roupas carioca Farm no ano de 2009. O panetone foi entregue para seus clientes como presente de final de ano.

A grande novidade dessa embalagem é dar a ela mais de uma função. A base da caixa pode ser utilizada para etiquetas para os presentes de natal. Além disso, não sei se foi intencional ou não, eles usam apenas uma cor, reduzindo o uso de tinta que pode ser tóxico para o meio ambiente.

Fonte:

http://www.farmrio.com.br/

http://www.packagingoftheworld.com/

Panetone em lata – Zaghis

As embalagens de panetone em lata já virou uma tradição de presente de Natal. Geralmente com um acabamento caprichado elas geralmente são feitas para serem guardadas e usadas como parte da decoração de Natal. Infelizmente a maioria acaba sendo uma adaptação da embalagem tradicional de papel para a de lata, onde o reseltado é uma embalagem sem criatividade que provavelmente será descartada rapidamente ou enfiada em alguma armário para guardar trecos e esconder a sua feiúra.

Foi difícil encontrar alguma opção legal esse ano mas encontrei essa de uma confeitaria italiana que está vendendo no Brasil, a Zaghis. Que sirva de inspiração para capricharem nas embalagens de presente de Panetone.

Fonte:

http://www.zaghis-spa.it/

Cachepô com caixa de Panetone

E o que fazer com as embalagens de Panetone de papel? Pesquisando encontrei um passo a passo para fazer um cachepô com uma embalagem de panetone. Vejam como foi feito e mais outras dicas de artesanato de enfeites feito com embalagens para o Natal.

Comentários (1)

papelsolidário_kitsemente

Tags: , , , ,

Dica sustentável – Brindes de final de ano

Postado em 23 setembro 2010 por Elisa Quartim

Chega essa época do ano, as empresas começam a correr atrás de brindes de final de ano. Na correria acabam escolhendo brindes que serão descartados quase que imediatamente quando chegam no cliente, por não serem interessantes ou óbvios demais.

O melhor brinde é aquele que a pessoa não tem coragem de jogar fora, de tão bom que ele é. Dessa forma a marca da sua empresa permanecerá por mais tempo com o seu cliente e por não ter sido descartado, não será gerado mais um resíduo.

A seguir algumas dicas de como escolher brindes melhores e mais sustentáveis:

Brindes multifuncionais

Escolha brindes que tenham mais de uma função. Onde, por exemplo, a própria embalagem seja o brinde. Um exemplo é a caixa de vinho que vira luminária.

Além de o vinho ser um presente tradicional dado aos executivos de empresas, mesmo após o seu consumo, ele provavelmente vai manter a luminária em seu escritório ou em sua casa e não vai se esquecer de quem deu. Veja mais sobre a embalagem-luminária aqui.

Sacolas retornáveis

Nos últimos tempos as empresas querendo parecer mais ecológicas começaram a dar de brinde de natal as famosas “eco-bags” ou, como eu prefiro chamar, sacolas retornáveis. Atualmente recebemos tantas sacolas retornáveis que nem temos mais onde guardar e acabamos nos desfazendo. A melhor sacola retornável é aquela que é a mais prática, bonita e que dificilmente vamos esquecer em casa.

Um exemplo é a sacola Biobag, desenvolvida pelo DesfiacocO d.e.s.i.g.n, de Curitiba, e um dos selecionados da Bienal Brasileira de Design. As sacolas desenvolvidas por eles são práticas e funcionais. O formato leve e compacto facilita o carregamento da sacola na bolsa ou no porta-luvas do carro. Kits com mais de uma sacola possobilitam a separação das compras e permitem a melhor distribuição do peso.  O material (nylon) foi escolhido pela resistência, facilidade na limpeza e impermeabilidade.

Calendário

Um dos brindes mais comuns e que muitos acabam adotando é o calendário. Se ele for bonito, pode ser que ele seja escolhido pelo seu cliente para ficar na mesa dele durante um ano, mas certamente, em algum momento, ele será descartado. Que tal dar um calendário permanente?

Encontrei esse modelo e vários fornecedores de brindes, mas não descobri quem é o fabricante. Ele é simples, bonito e tem espaço para que a sua marca seja aplicada de forma criativa e bonita. Feito de metal, ele irá permanecer por muitos anos na mesa do seu cliente.

ONGs e instituições de caridade

Aproveite essa época e ajude instituições comprando os brindes produzidos por eles. Escolha uma instituição em que acredite e que ofereça brindes criativos, duráveis ou feitos com materiais ambientalmente corretos.

Um exemplo são os produtos produzidos pelo Instituto Papel Solidário. Eles têm como finalidade conectar as associações sem fins lucrativos, os negócios sociais, as empresas sociais e os empreendimentos solidários associados para ampliar através do empreendedorismo e da inovação, os impactos e ganhos das ações que desenvolvem nas comunidades onde atuam

Um dos produtos que eles fazem é o Kit Semente. No kit, o papel foi usado para transmitir a sua mensagem de final de ano contém sementes, que podem ser plantadas no vaso que vem no Kit e poderá permanecer por muito tempo na mesa de seu cliente.

Algumas dicas:

  • Escolha brindes multifuncionais
  • Conheça melhor o seu cliente antes de escolher o brinde
  • Utilize materiais ambientalmente corretos
  • Ajude instituições de caridade que produzem brindes criativos
  • Escolha brindes duráveis
  • Beleza é fundamental
  • Criatividade e originalidade fazem a diferença

Caso queiram mais ideias para desenvolver o seu Kit ou estão em dúvida se o brinde que escolheram é realmente sustentável, (ou até pedir um projeto original e personalizado pra sua marca) – contate serviço de consultoria de Elisa Quartim que ficaremos felizes em ajudar.

Comentários (5)

natal_nacional3

Tags: , ,

Natal no Conjunto Nacional com material reciclado.

Postado em 23 dezembro 2009 por Elisa Quartim

O Conjunto Nacioanl em São Paulo é um dos mais antigos edifícios comerciais de São Paulo formado por escritórios e uma galeria de lojas.

A implantação do programa de coleta seletiva no Conjunto Nacional, em 1992, deu início a um processo de transformação do lixo em arte e geração de renda, com a criação do Natal Nacional, em 1999.

O projeto baseado em três fundamentos:

  • Ecológico (utilização de materiais recicláveis)
  • Artístico (concepção da decoração natalina baseada na cultura brasileira)
  • Social (participação da comunidade na confecção dos artefatos)

O edifício ostenta, em sua fachada e galerias, uma inovadora decoração natalina elaborada com materiais recicláveis e reutilizáveis. As peças decorativas são confeccionadas a partir de componentes separados do lixo gerado pelo próprio edifício, que é um dos maiores pontos de arrecadação de recicláveis do país.

O Natal Nacional preserva o meio ambiente impedindo que toneladas de materiais que podem ser reaproveitados tenham como destino o acúmulo em lixões e aterros.

Anjos e arcanjos constroem uma árvore de Natal com material reciclado, na Fábrica de Brinquedos do Conjunto Nacional, em SP.

Antes deste projeto eram jogados fora
1 tonelada de papel
250.900 garrafas pet
18.700 cds
13.900 descartáveis (pratos, facas, colheres, copos)
5.000 latas de alumínio
800 embalagens longa vida
900 disquetes

Depois do Natal Nacional
O lixo é transformado em centenas de adereços, molduras, flores, folhas, bolas decorativas, asas de anjos, pedras “preciosas”, frutas.

Latas de alumínio, papel jornal, embalagem de leite e mais de 50 mil garrafas PET foram usados na decoração do edifício na Avenida Paulista.

Brinquedos da Oficina dos Anjos.

Toda a parte artística é desenvolvida pelo cenógrafo Silvio Galvão, que fazia o cenário do Castelo  Rá-Tim-Bum, da TV Cultura.Desde 2001, é responsável pela criação dos projetos e execução dos presépios com extrema competência.

O responsável pela montagem e execução da fantástica logística que consegue orquestrar o trabalho de pessoas de diversas origens e locais da capital é o mestre artesão Sandro Rodrigues.

Com o objetivo de profissionalizar o processo de produção e formar uma equipe, em 2004, foi criada a Cooperaacs, que assumiu a execução do Natal Nacional, e também é responsável pelo recolhimento diário dos recicláveis produzidos nas unidades do edifício, transformando grande parte desse material em adereços e esculturas.

O custo total do projeto é sempre inferior do que se gasta com a locação de enfeites tradicionais para as decorações natalinas apresentadas por grandes lojas ou shoppings centers. Todos os profissionais que trabalham para a realização do Natal Nacional são remunerados.

A locação de adereços natalinos, que atende a padrões estrangeiros e apelos meramente consumistas expostas nos demais centros comerciais é, aqui, substituída por uma mensagem da possibilidade de transformação dos materiais e profissionalização de pessoas.

Matéria sobre o programa de coleta seletiva e a decoração de natal do Conjunto Nacional. Programa Ação (Globo) – Dia 07/11/09
Matéria sobre a decoração de natal do Conjunto Nacional. Programa Bom Dia SP (Globo) – Dia 10/12/09
Realização
Criação e direção artística
Silvio Galvão
Cenógrafo, ex-Castelo Rá-Tim-Bum, da TV Cultura
Mestre Artesão
Sandro Rodrigues
Líder da equipe de produção e presidente da Cooperaacs

Execução

Data
Até 10 de janeiro de 2010
Horário de Funcionamento
Centro Comercial (Piso Térreo)
De segunda a sexta-feira, das 7h às 22h
Sábado, domingo e feriado, das 10h às 22h
Fonte:

Comentários (1)

pacote6

Tags: , , , , , , ,

Redução de embalagens de Natal

Postado em 16 dezembro 2009 por Elisa Quartim

Chegou o fim de ano e as famosas troca de presentes. Pode ser para o amigo secreto ou para um parentes, mas uma coisa é certa, todos serão embrulhados para presente de alguma forma. Dos presentes que damos até aqueles que recebemos acaba sobrando muito lixo e o que podemos fazer para diminuir esse lixo?

Aqui vão algumas dicas:

Na loja:

  • Escolha os presentes que vêm com pouca ou nenhuma embalagem ou são embalados em materiais facilmente recicláveis ou tipos de plástico como (PET), (PEAD), e (PEBD).
  • Se você tiver que comprar um produto com excesso de embalagem, abra na loja e deixe a embalagem com o caixa. Verifique se eles separam o lixo e se vai entregue para a reciclagem.
  • Traga suas próprias sacolas para carregar as compras para casa de forma sustentável.

Na caixa:

  • Se os presentes vêm protegidos com isopor, plástico bolha, bolsas com ar e outros materiais de embalagem, reutilize para os presentes que você vai dar.
  • Para uma alternativa de embalagem para proteção biodegradável, estoure um lote de pipocas sem óleo e use para substituir o isopor.
  • Corte caixas de papelão ondulado em tiras. Enrole cada um bem firme e coloque eles embaixo e em torno dos itens que serão enviados. Deixe-os se desenrolar ligeiramente após a colocação para que funcione como almofadas para amortecer o impacto.
  • Crie o embrulho com mapas desatualizados, páginas de quadrinhos, jornais, restos de papel de parede, sacolas de compras, ou qualquer outro material de grandes dimensões que você tenha na mão. Se o papel está em branco, você pode decorá-lo com seus próprios motivos de férias.
  • Embrulhe os presentes em outros presentes como toalhas, bandanas, cestas ou sacolas, ou faça suas próprias sacolas reutilizáveis.
  • Evite dobrar em papel metalizado, pois ele não é reciclável.
  • Decore seus presentes com produtos naturais, como pontas verdes, trigo, pinhas, ráfia, gramíneas ornamentais, e outros elementos biodegradáveis.
  • Laços e fitas deve ser de preferência de fonte renovável ou biodegradável, como os feitos de algodão ou de papel.

Durante e depois da celebração:

  • Desembrulhe os pacotes com cuidado e reserve o papel de embrulho para reutilização. Pedaços grandes podem ser usados para embrulhar itens menores sem vincos.
  • Guarde os cartões de natal que você recebeu. Corte as capas para usar como etiquetas de presente para o próximo ano.
  • Guarde as caixas de presente, papel de seda, laços e fitas que você ganhou, e provavelmente você nunca precisará comprar esses itens de novo!
  • Ainda se afogando nos isopores e outros materiais de revestimento? Primeiro, verifique se o isopor, muitos hoje são feitas de amido de milho natural e dissolve na água sem grandes danos. Teste um na sua pia, se ele derreter, você pode fazer a compostagem. Caso seja feito de isopor, plástico-bolha, ou outras embalagens, veja as empresas de transporte, museus, ou as lojas querem.
  • Se você se encontrar com pedaços maiores de isopor moldado como aqueles usados para proteger eletrônicos e outros itens frágeis em suas caixas, pesquise qual cooperativa da sua cidade recicla esse tipo de material.

Vejam alguns exemplos:

Com enfeites de tecido e cordão em ráfia que podem ser reutilizados.
http://www.flickr.com/photos/lilfishstudios/2709813785/in/pool-nice_package

Você pode usar folha de jornal e revistas para enfeitar o pacote.
http://www.flickr.com/photos/almostbunnies/2491600705/in/pool-nice_package

Folhas secas, pout-pouri e palha para decorar e fechar.
http://www.flickr.com/photos/17058767@N06/2481668446/in/pool-nice_package

Reciclando materiais. Caixa de leite, papel de pão, borboleta de sementes, flores secas.
http://www.flickr.com/photos/julianacs/1556519465/in/pool-nice_package

Saquinho decorado que dá vontade de usar sempre. Vejam o tutorial:
http://alittleredribbon.blogspot.com/2009/11/linen-drawstring-giftbag-tutorial.html

Faça seu próprio saquinho em crochet.
http://www.flickr.com/photos/ellebeestudio/3023397294/

Essas dicas vão ajudar a ter um fim de ano um pouco mais sustentável, aumentando ainda mais o Espírito de Natal.

O Espírito de Natal nada mais é do que a união de todos e de tudo que vive neste planeta.

Fonte:

http://www.seventhgeneration.com/

http://www.noupe.com/inspiration/

Comentários (2)

Emb_reciclada

Tags: , , ,

Natal Sustentável – Embalagem para presente2

Postado em 06 dezembro 2009 por Elisa Quartim

Mais uma idéia de como fazer uma embalagem para o seu presente de natal de forma mais sustentável. Continuando o post anterior.

Esses 2 pacotes foram feitos reaproveitando as embalagens que vêem na assintatura da revista Embalagem Marca, que infelizmente parei de assinar mas que sempre traz matérias ótimas sobre embalagem.

Geralmente a revista chega em casa em saquinhos muito bem impressos e com embalagens maravilhosas. Essas são do ano passado.

Como a parte de trás vem com a propaganda, eu recortei essa parte e coloquei no lugar um papel craft reciclado. Como as pessoas que receberam esses presentes são arquitetas, achei a embalagem perfeita. Só na proxima vez preciso diminuir a quantidade de fita adesiva.

Comentários (0)

Emb_PET

Tags: , , ,

Natal Sustentável – Embalagem para presente1

Postado em 11 novembro 2009 por Elisa Quartim

Emb_PET

Ano passado coloquei em prática alguns conceitos de Natal sustentável (veja aqui) e como falta pouco tempo para nos preparar para o Natal vou dividir um pouco com vocês mais algumas dicas nos próximos posts.

Para um presente de amigo secreto resolvi colocar um pouco de sustentabilidade.

Comprei uma camiseta feita de PET (http://www.camisetafeitadepet.com.br). Ao invés de embrulhar em um papel metalizado não reciclável, resolvi reaproveitar materias que tinha em casa e que tivessem a ver com o presente.

Peguei duas garrafas de 600ml de Coca-Cola, cortei a parte de cima. Lavei bem para não ficar o cheiro. Envolvi a camiseta como um resto de papel de presente que já tinha em casa e coloquei a camiseta dentro.

Juntei as 2 garrafas com uma fita adesiva transparente, para que ficasse firme, e depois amarrei um laço de fita de um outro presente que tinha ganho.

A embalagem valoriza o presente e ainda, usando materiais alternativos, mostra que não é preciso gastar muito para dar um presente legal e criativo.

Comentários (2)

natal-reciclado3

Tags: , , , ,

Natal Sustentável

Postado em 23 dezembro 2008 por Elisa Quartim

O Natal, nos últimos anos acabou se transformando no dia mundial do consumo e desperdício. Muitos esqueceram os reais valores do Natal. Data para comemorar o nascimento de Jesus reunindo a família em sua homenagem. Trocas de presentes deveriam ser apenas símbolos dessa união e integração das pessoas, mas acabou se transformando no principal do Natal.

Por isso, que tal retomar os valores do natal, resgatando esse valores de fraternidade e amor, e agora de uma forma mais sustentável.

Algumas dicas para um Natal mais sustentável:

COMPRANDO PRESENTES

* Analise as suas compras. Assim você evita desperdício.
* Faça uma lista antes de sair de casa. Coloque os nomes de quem você vai presentear e, ao lado, o tipo de presente que a pessoa gostaria de ganhar. Depois, analise cada opção e escolha o que for ambientalmente correto.
* Para selecionar um presente ambientalmente amigável, verifique a matéria prima usada para produzi-lo. O produto não deve conter substância perigosa para a saúde, ou componentes retirados de espécies ameaçadas, como mogno.
* Outro ponto é o método da produção. Só aceite produtos cuja elaboração não usou de crueldade para com animais. Também pense nas pessoas. Não compre, se a fabricação do objeto abusou da mão de obra infantil ou feriu os direitos trabalhistas.
* Dê preferência a produtos artesanais.
* Avalie quem está vendendo. Adquirindo produtos de uma entidade ecológica, por exemplo, você beneficia projetos ambientais por ela desenvolvidos.
* Agora, analise como o presente será usado. Por exemplo, criança gosta de brinquedo. Escolha um que não precisa de pilhas. Assim você incentiva a criatividade e a coordenação motora. E pilha polui o ambiente, durante e depois da fabricação.
* Eletrodomésticos devem ter um selo informando o consumo de eletricidade. Se esta for sua opção de presente, aproveite para comprar um produto que gasta menos energia. É bom para o bolso de quem ganha e para o ambiente.
* Embalagem é bonita, mas pode gerar montanhas de lixo, na forma de papel de presente e fitas. Se o pacote não puder ser reutilizado, esqueça. É dinheiro que vira poluição.
* Faça embalagens com material reciclado. Pode ser com embalagens usadas, ou restos de outros presentes que ganhou.

Flávio Marconato, da loja Secreta Saudade, ensina a fazer embrulhos criativos para os seus presentes de Natal

http://revistacasaejardim.globo.com/Casaejardim/0,25928,EJE1693341-4245,00.html

FAÇA PRESENTES

* Você não precisa comprar. Pode fabricar seus presentes. Que tal preparar uma receita culinária por exemplo reaproveitando folhas e talos de hortaliças num exclusivo suflê para a ceia dos amigos? Biscoitos e docinhos também fazem o maior sucesso.
* Suas plantas se reproduziram muito na primavera? Faça novos vasos bem caprichado para presentear os amigos. Custa pouco além de ser presente simpático e duradouro.
* Outra boa ideia é inventar seu próprio cartão. Por que não fazer uma colagem com folhas secas? O charme fica ainda maior se a base for papel reciclado.
* E como a natureza é a forma mais barata e sincera de presentear, olhe à sua volta. Que tal usar flores e folhas secas para compor um belo quadro? Com uma moldura simples, você terá um presente bem seu.

ÁRVORE DE NATAL

* Não sacrifique um pinheiro vivo para enfeitar seu lar. Escolha árvore com raiz, se puder replantar depois.
* Outra ideia é colocar enfeites natalinos nas plantas de sua casa. Pode ficar lindo!
* Também dá para usar bolas e fitas coloridas, num arranjo que aproveite galhos já caídos, para compor uma árvore estilizada decorando sua sala.
* Use sua criatividade e crie enfeites com embalagens usadas. Vejam os exemplos abaixo:
natal-reciclado2

Decoração de Natal em Campos de Jordão com garrafa PET. Dentro tem lâmpadas que iluminam à noite.

natal-reciclado3

Árvore de Natal feita com latas de alumínio pintadas – exposta no Natal do Banco Real, Av Paulista – SP

Fonte: http://www.flickr.com/groups/reciclarte/discuss/72157603495222765/

CEIA ECOLÓGICA

* Evite os enlatados e alimentos com embalagem demais. Prefira os produtos a granel, que são mais frescos e mais baratos.
* Não se esqueça de levar sua sacola quando for às compras, para evitar aquele monte de plástico que as lojas oferecem para guardar suas compras.
* Se o produto industrializado é essencial para a ceia, não arrisque a saúde dos que participarem dela. Ao comprar, verifique o prazo de validade do produto. E só adquira, se estiver exposto em local adequado para a sua conservação.
* Escolha frutas e verduras da região, pois quanto mais longe, mais emissão de CO2 ocorreu no caminho. Evite os importados.
* Diminua ou evite o consumo de carnes, pois a produção de carnes é um dos maiores motivos  do desmatamento das florestas. Crie uma nova tradição servindo alimentos saudáveis.
* Não use copos ou talheres descartáveis em sua festa. Também recuse toalhas e guardanapos descartáveis. Podem parecer práticos, mas poluem o meio ambiente.
* Dica final: papel toalha e guardanapos fazem parte daqueles papeis que, na fabricação, foram alvejados com cloro. Cloro libera dioxina na atmosfera, que é um gás cancerígeno. Recupere os hábitos que serviram a seus pais e avós. Use guardanapos e toalhas de pano. Além de tudo, são mais chiques!

OS 3 Rs NO NATAL

* Ao ganhar um presente, não rasgue o pacote. Abra cuidadosamente e separe a embalagem. Procure reutilizá-la. Por exemplo, um belo papel pode servir para encapar um livro. Uma caixa pode ser usada para guardar objetos.
* Se não der para reutilizar a embalagem do presente que ganhou, faça a separação. Num monte, junte os papéis. Em outro, coloque os plásticos. Num terceiro, deixe o que for vidro e o que for metal. Depois, encaminhe estes materiais para quem recicla. E lembre-se que aqueles saquinhos metalizados  não são recicláveis.
* Mas o melhor mesmo, é evitar desperdício. Recuse embalagem que não seja reutilizável, na hora de comprar o presente. E aproveite para, antes da festa, discutir e divulgar esta idéia com quem for participar. Afinal, não desperdiçar pode ser o maior presente de Natal para o meio ambiente.

(fonte dicas: RedeAIPA)

Comentários (19)

pangea0

Tags: , , ,

Embalagem-semente

Postado em 09 dezembro 2008 por Elisa Quartim

pangea2

pangea0

Depois de ter descoberto o papel semente finalmente vi que já estão usando para embalagem.

A Pangea Organics lançou um kit especial de Natal, onde a embalagem de fibra moldada pode ser plantada e se transforma em uma linda árvore de Natal. Basta deixar de molho por 24 horas e depois plantar à luz do sol.

Eles já tinham um outro kit onde nascia manjericão, e agora, depois de 2 anos de estudo, desenvolveram para se transformar em árvore.

Eles esperam que se todos plantarem a sua embalagem este ano, nos próximos anos as pessoas não vão mais precisar trazer árvores de locais distantes, gastando assim menos no transporte.

http://www.pangeaorganics.com/

Comentários (0)

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também