Archive | Reutilização

ThianaSantos4

Tags: ,

Thiana Santos – Acessórios de moda e decoração com garrafa PET

Postado em 07 outubro 2011 por Elisa Quartim

A pernambucana Thiana Santos, formada em Artes Plásticas pela UFBA, desenvolve acessórios de moda e decoração onde a principal matéria prima utilizada é a garrafa plástica em PET.

Thiana presta consultoria para trabalhos com grupos produtivos, sempre trazendo o conceito e a prática das questões ambientais como ferramenta para o desenvolvimento da produção artesanal.

Segundo ela, a análise do ciclo de vida, da embalagem e do transporte, a reciclagem após descarte e a matéria-prima utilizada são aspectos ecológicos que devem ser incluídos no desenvolvimento de produtos, industriais ou manufaturados.

Um desses produtos é o anel em PET fosco, escamado.

Nada é perdido no trabalho de Thiana, pedaços de pet que “sobram” de outras peças são reutilizados na produção de acessórios e podem virar um lindo colar como o Colar Retraços. Nada se perde, tudo se transforma! O que não é aproveitado é recolhido por catadores.

Para embalar os seus produtos, ela também desenvolveu uma embalagem feita com garrafa PET.

Vocês podem encontrar os produtos de Thiana Santos na loja Prazeres Accioly e Designersno Paço Alfandega em Recife, uma ótima opção para quem procura produtos diferenciados. Lá além de vender os seus produtos, ela fez o expositor para cintos e encharpes.

 

Veja video da reportagem da  TV Clube (Recife), produzido em novembro de 2007, com Thiana Santos

 

Vejam o video de demonstração dos produtos criados por Thiana Santos:

 

Mais informações:

http://tianasantos.blogspot.com/

Comentários (2)

pet_luz01

Tags:

Iluminação com garrafa PET

Postado em 05 setembro 2011 por Elisa Quartim

O mecânico de Uberaba, Alfredo Moser, desenvolveu uma forma de iluminação ecológica a partir de garrafas PET e água para lugares com pouca iluminação que, mesmo durante o dia, precisa acender a luz.

Pegue uma garrafa PET transparente e encha de água limpa. Adicione um pouquinho de água sanitária ou cloro, tampe bem e proteja a tampa para que não haja ressecamento.

O ressecamento causado pelos raios luminosos poderá diminuir a vida útil do aparato, por isso torna-se necessário proteger a tampa da garrafa.

Faça furos no telhado e fixe as garrafas com massa de vidraceiro, tomando cuidado para vedar completamente o envolto das garrafas. Lembre-se que se o vedamento não for bem feito eventuais chuvas poderão causar gotejamento.

A iluminação instalada pelo Sr. Alfredo equivale a uma lâmpada entre 40 e 60w, sem gastar um centavo com energia elétrica.

A solução se espalhou e hoje até o Parque Ecológico Chico Mendes adotou a alternativa.

A reportagem é do Globo Repórter do dia 25/05/2007. Vejam o filme:

Fonte:

http://ambienteecologico.blogspot.com/
http://www.amanhaverde.com.br/

Comentários (2)

sacola_jogo_Lee4

Tags: ,

Sacola de papel multifuncional

Postado em 31 agosto 2011 por Elisa Quartim

Em tempos de proibição de sacolas plásticas, criou-se uma necessidade de se criar novas formas de transportar as compras. Que tal uma opção multifuncional? Com mais de uma opção de uso o seu descarte é adiado ao máximo.

O estúdio Happy desenvolveu uma sacola de papel para a Lee, que depois de usar para carregar sua roupa, ela pode ser usada como jogo de tabuleiro, porta lápis, avisos, calendário e por aí vai.

Fonte:

http://gameanalyticz.blogspot.com/2011/06/sacola-de-papel-com-boardgame-acopaldo.html

Comentários (0)

Walmart-Ponta-a-Ponta-2

Tags:

2ª edição do programa Sustentabilidade de Ponta a Ponta do Walmart

Postado em 25 julho 2011 por Elisa Quartim

No início de 2010, o Walmart lançava um projeto para contribuir com o desenvolvimento sustentável do mercado brasileiro. Em parceria com grandes empresas fornecedoras, a rede colocou produtos nas gôndolas que tiveram seu processo de fabricação repensado para serem mais amigáveis ao meio ambiente e obtiveram um crescimento de até 40% em suas vendas. Vejam o post da época.

Agora, o varejista inicia a segunda etapa da ação, com o apoio de 13 companhias, incluindo Ambev, Danone, Kimberly-Clark, Kraft Foods, L’oreal, Mars, Philips, Reckitt Benckiser, Santher, Sara Lee, SC Johnson, Whirlpool e Nat Cereais, responsável pela marca própria Sentir Bem, do Walmart.

A ideia é modificar toda a cadeia de produção e levar a sustentabilidade aos três pilares do conhecido como triple bottom line: people, planet e profit, o que significa colaborar para o desenvolvimento social e do meio ambiente, sem deixar de lado a questão econômica.

Pensando nisso, os produtos precisam maximizar os lucros das empresas, sem mexer com o bolso do consumidor, e garantir práticas que ajudem a preservar o planeta. A ideia do projeto “Sustentabilidade de Ponta a Ponta” é fazer com que as indústrias escolham os principais itens da categoria e trabalhem para melhorar os processos envolvidos.

A partir da definição, o produto passa por uma análise técnica de todo o processo de produção, com a ajuda do CETEA, para gerar as mudanças possíveis, do início ao fim da cadeia.

Este ano, o projeto já aponta resultados positivos. As transformações realizadas nos 13 produtos representam uma decréscimo do uso de água de dois milhões de litros ao ano e 19 milhões de Kwh de energia.

Com relação às emissões de gases do efeito estufa, houve queda de 3.171 tons de CO2, correspondendo à economia de 17,3 milhões de km rodados. As reduções das embalagens também possibilitaram mais espaço nos caminhões, aumentando entre 32% e 64% na capacidade das carretas.

Observando os cases com atenção, podemos perceber que em grande parte as mudanças ocorreram na redução de materiais e repensando seus processos de produção. Parece que o redesign das embalagens não foi uma prioridade, o que poderia ajudar muito o resultado desses projetos. Em nenhum dos cases foi mostrado a equipe de design. Por que será?

Os próximos posts mostrarão os 10 produtos dessa segunda edição e os ganhos obtidos dessa parceria. É um bom exemplo de como o varejo pode e deve se envolver e apoiar iniciativas de sustentabilidade de seus fornecedores. Eles fazem parte do ciclo devida do produto e são os primeiros que percebem as necessidades do consumidor cada vez mais exigente.

Fonte:

http://www.walmartsustentabilidade.com.br/sustentabilidade-pontaaponta-2011/

http://exame.abril.com.br/

Comentários (0)

emiun_detalle_del_encastre_de_los_lados

Tags: ,

EMIUM – Garrafa modular e reutilizável

Postado em 02 junho 2011 por Elisa Quartim

EMIUM (Modular Interconectable de Usos Múltiples) é uma invenção com aplicação inteligente que permite a reutilização de embalagens descartáveis. Depois de vazia, a embalagem vira um módulo com uma utilidade real, independente e diferente de sua função original.

Em essência, este é um novo tipo de garrafa dotada de meios para interconexão mútua permitindo o ajuste com outros garrafas com as mesmas características. Isso permite sua utilização como blocos de construção para todos os tipos de estruturas, recreativos ou funcional.

EMIUM pode ser fabricado com qualquer um dos materiais atualmente utilizados em embalagens PET, PETG, PEAD, polipropileno, PVC, polietileno, etc.

A garrafas EMIUM podem substituir as atuais com a tecnologia atual de máquinas de envase, rotulagem, fechamento e paletização.

Elas podem ter qualquer forma como prismas, cubos ou cilindros, com boca larga ou estreita, adaptando-se a tamanhos diferentes.


Elas são ideais para líquidos, desde água mineral, sucos, leite, iogurtes, refrigerantes e óleos para xampus, sabonetes, detergentes, produtos de limpeza e lubrificantes, e sólidos, como cereais, legumes, temperos, produtos em pó, doces, doces, e muitas mais possibilidades.

 

Usos e Aplicações

Uma vez esvaziado de seu conteúdo, as embalagens EMIUM se transformam em módulos construtivos para o desenvolvimento de estruturas de lazer, funcionais ou decorativos.

As crianças podem desenvolver seu talento e criatividade, construindo seus próprios brinquedos, móveis, casas e onde sua imaginação levar.

É também uma nova contribuição para a construção. Vasias elas podem formar painéis que permitem a passagem de luz, ao mesmo tampo constituindo uma estrutura de isolamento térmico. Preenchido com areia, terra ou mistura, ficam mais resistentes e podem ser usados ​​como tijolos. Desde de paredes ou tetos até estufas, as possibilidades são infinitas.

Vejam o vídeo com o autor:

 

Fonte:

http://www.emium.com.ar/

Comentários (0)

life_container3

Tags: , ,

Life, garrafa de água feita de papel para a Milano Expo 2015

Postado em 19 maio 2011 por Elisa Quartim

Life é uma garrafa de água feita de papel reciclado criado para a Milano Expo 2015 foi apresentado na Comieco Expopack Design Competition in 2011.

Feito com papel reciclado, não utiliza nenhuma tinta com metais pesados ou adesivo difícil de ser reciclado. A costura dupla garante o isolamento do exterior e dá rigidez ao objeto. Um cordão verde, feito de algodão natural, permite carregar a garrafa no ombro e pode ser enrolado em volta do corpo de papel.

 

Ela foi projetada para fornecer um serviço essencial para a área de exposição e para a cidade de Milão: o livre acesso e uso da água pública. É um produto destinado a promover a redução de embalagens de plástico e de uma cultura sustentável  do uso de água e dos recursos naturais.

Vários pontos de acesso dentro de Milão e da área da Expo irão fornecer a garrafa gratuitamente e os visitantes irão utilizá-la como uma garrafa de 1 dia ou encher várias vezes durante a turnê.

O design é de Andrea Ponti

Fonte:

http://www.behance.net/gallery/Life-Sustainable-Water-Container/1388499

Comentários (0)

eco soap6

Tags: , ,

Eco Soap, sabonete líquido com embalagem reutilizável

Postado em 12 maio 2011 por Elisa Quartim

Eco Soap é um projeto conceitual, desenvolvido pelo escritório de design Sonic, para sabonete líquido. A embalagem é reutilizável, sendo necessário apenas a troca do seu refil.

As embalagens de sabonetes líquidos em geral tem uma mecânica simples porém com vários tipos de materiais incorporados. A bomba incorpora várias partes e uma mola de metal, todos destinados a ir para o lixo, muito antes de o aparelho parar de funcionar.

Por isso o escritório Sonic, especializado em embalagens estruturais, propôs um novo olhar sobre esse tipo de embalagem.

O dispenser ECO é baseado na ideia de que o consumidor poderia manter o aparelho dispensador com mecanismo da bomba e substituir apenas pelo refil do produto. Sopradas em PET, material facilmente reciclável, suas paredes são ultra-finas para reduzir a quantidade de material.

Considerando que o transporte tem um grande impacto sobre a pegada de carbono de qualquer produto, o design do dispenser e das garrafas do refil é compacto para maximizar o espaço no palette.

O design da embalagem é intuitivo e fácil de usar. Para a montagem do refil, é só colocar o gargalo da garrafa no anel de rosca para ficar preso. Durante o transporte, a cabeça da bomba é bloqueada para evitar a descarga acidental. As aberturas nas paredes laterais do alojamento principal permite o usuário a ver o nível de sabão, enquanto o anel de borracha ao redor da borda inferior fornece uma posição segura.

Uma alternativa para o material do refil é a embalagem cartonada tipo Tetra Pak, que usa papel em boa parte da embalagem e finas camadas de plástico em ambos os lados da estrutura do papel para proteger a embalagem de umidade dentro e fora. Hoje reciclar esse tipo de embalagem ficou mais fácil, porém por necessitar de máquinas especiais, ainda é reciclada em poucos lugares.

O formato quadrado e baixo impacto da embalagem reduz o seu impacto no meio ambiente, já que menos transporte é necessário.

 

Obs: As embalagens que Tetra Pak comercializa e produz são exclusivamente para alimentos. este é um projeto conceitual.

Fonte:

http://www.thedieline.com/

http://www.sonicny.com/

Comentários (1)

carrinho feira

Tags: ,

Sacola e carrinho de feira, verdadeiras embalagens retornáveis.

Postado em 05 maio 2011 por Elisa Quartim

Até o final do ano os supermercados representados pela Apas (Associação Paulista de Supermercados) deixarão de entregar as atuais sacolas , que são derivadas de petróleo, ao consumidor do estado de São Paulo. O governo paulista e Apas assinarão protocolo de cooperação na Feira da Apas – de 9 a 12 de maio – para banir o uso dessa embalagem nas cidades paulistas.

Em seu lugar retornam as sacolas retornáveis, ou se quiser ser mais ambientalmente correto as ecobags que geralmente são feitas com alguma material de menor impacto ambiental ou são produzidas pensando em todo o seu ciclo de vida.

Porém não precisa sair desesperadamente procurando uma ecobag com certificação ou que seja feita de um material renovável. Basta usar o que já existe em sua casa. Que tal a boa e velha sacola de feira?

Resistentes, laváveis, coloridas ou não, elas já são uma opção há muito tempo, mas na mudança das compras da feira para o supermercado ela acabou ficando no esquecimento.

E agora, vou precisar comprar muitas sacolas de feira?
Não!!! Para isso já criaram o carrinho de feira. Dobráveis e resistentes, aguentam as péssimas calçadas das cidades brasileiras.

A proposta é o consumidor criar o hábito de levar a sua embalagem ao supermercado. Com a mudança de comportamento será possível acabar com o uso da sacola descartável e incluir as retornáveis.

 

Uma dica, tenha sempre uma sacola por perto.

  • Se anda mais a pé, compre aquelas dobráveis que ficam pequenas na bolsa.
  • Se costuma fazer compras de carro, tenha sempre uma caixa ou sacola (retornável) no seu carro.

 

Sobre o fim das sacolas no Estado de São Paulo:

http://envolverde.com.br/noticias/fim-sacolas-plasticas-nos-supermercados-tambem-em-sp/

Comentários (1)

guarana1litro

Tags:

Volta o guaraná com garrafa retornável

Postado em 04 maio 2011 por Elisa Quartim


Pensando na preocupação dos consumidores com práticas mais sustentáveis, o Guaraná Antarctica coloca no mercado a embalagem de 1 litro retornável. Os consumidores de São Paulo já podem conferir a novidade.

O lançamento reforça plataforma de inovação da Ambev num cenário de crescimento do consumo de refrigerante no Brasil. O objetivo é atender a diferentes ocasiões de consumo, bem como oferecer alternativa a quem procura opções coerentes com o orçamento familiar.

A novidade chega aos principais pontos de venda da região, entre supermercados, bares e lojas de conveniência. Na recompra, o consumidor pagará apenas R$ 1,00, o que representa um custo por litro bem inferior às outras opções disponíveis do mercado. A embalagem complementa um dos maiores portfólios de refrigerante disponíveis no mercado. São outras 10 opções: 237 ml, 290ml, 350ml, 600ml, 1L, 1,5L, 2L, 25L, 2.5L e 3.3L.

Agora só não foi divulgado como será a logística do retorno da garrafa. Quando era criança, existia um espaço enorme nos supermercados só para fazer isso. Ganhávamos uma senha que poderia ser trocado por outro refrigerante, pagando menos. Será que os supermercados vão ceder esse espaço novamente?

Fonte:

http://www.ambev.com.br/

Comentários (1)

clean-house-planet-kit

Tags: ,

Kit Clean House Clean Planet. Produtos de limpeza feitos em casa.

Postado em 18 abril 2011 por Elisa Quartim

O livro “The Clean House, Clean Planet”, de Karen Logan, ensina a criação de cinco produtos de limpeza, usando ingredientes naturais, frescos, não tóxicos, baratos e fácil de encontrar nas lojas..

Junto com o livro, o kit contém 5 embalagens tradicionais de produtos de limpeza com as receitas dos produtos de limpeza impressos nos rótulos. Elas são reutilizáveis, evitando assim o seu descarte.

Para completar o kit só é preciso de bicarbonato de sódio, vinagre destilado branco, refrigerantes, água e azeite.
Você pode criar:   Club Clean (limpador de vidro),  Mommas Earth Mop (limpador de piso), Its a Lotsa Polish (lustra móveis), EarthShaker Kitchen Cleaner (Limpador para cozinha), Amazing Ant Cleaner (limpador multifuncional).

O livro Clean House Clean Planet contém mais de 80 receitas feitas em casa e dicas sobre como limpar uma casa sem os riscos dos produtos de limpeza comercial.  Ele dá conselhos sobre como fazer tudo, desde a limpeza do forno e desentupimento da pia para fazer uma solução de limpeza de cobre com suco de limão e sal. As receitas são fáceis de seguir, muito eficaz e agradável de usar.

Tem a grande vantagem de poupar dinheiro, ajuda o meio ambiente e elimina esse tipo de produto químicos de sua casa.

Vejam o video com algumas dicas:

Fonte: http://www.moreeco.co.uk/EcoTrendSpotter/21st-century-clean-house-clean-planet-kit-and-book/

Comentários (1)

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também