Archive | Design Gráfico

200px-Green_dot_logo.svg

Tags: , ,

Dica Sustentável – Rotulagem e símbolos de reciclagem

Postado em 02 setembro 2010 por Elisa Quartim

A simbologia de descarte seletivo e de reciclabilidade dos materiais, hoje presença constante nas embalagens, é fundamental para alertar os consumidores sobre o descarte seletivo, bem como orientar a separação devida de cada material.

No site da ABRE está disponível para download a nova Cartilha de Diretrizes de Rotulagem Ambiental para Embalagens que é uma complementação cartilha de Diretrizes de Sustentabilidade para a Cadeia Produtiva de Embalagem e Bens de Consumo.

As cartilhas são baseadas na ISO 14062 e orientam como os símbolos devem ser usados.

Vejam os principais símbolos de identificação de materiais:

Para os plásticos são utilizados os símbolos em formato triangular com o número indentificando a qual plástico se refere:

Hoje o número 7, de outros plásticos, englobam cada vez mais materiais, por isso é recomentável que se escreva abaixo do símbolo o material a que se refere.

É importante que todos os materiais utilizados nas embalagens sejam identificados. Vejam por exemplo como a Taeq, do Pão de Açúcar, tem identificado os materiais em suas embalagens:

Quando o espaço da embalagem permite, é interessante aproveitar e incentivar a reciclagem educando como deve ser feito o descarte. Em embalagens com menos espaço eles colocam os materiais no texto ou utilizam os símbolos dessa forma:

Vejam algumas das recomendações para a rotulagem da cartilha da ABRE:

Alguns exemplos de elaboração inadequada da rotulagem:

  • Evitem a utilização de liguagem visual que remetem a outras certificações existentes.
  • Evite termos generalistas.
  • Evite informações irrelevantes como a do CFC
  • Evite imagens ou frases que tragam mensagens vagas ou generalistas

Um simbolo que tem sido muito usado nas embalagens brasileiras é o do Green Dot:

Esse símbolo é de um programa privado alemão, o Der Grüne Punkt, destinado às embalagens. Fundado em 1990, o programa envolve órgãos privados e estatais com o objetivo de tornar reciclável o lixo gerado pela disposição final de embalagens. Envolve mais de 400 empresas e confia na consciência ecológica do consumidor, fundamental para seu funcionamento. As indústrias envolvidas garantem que o material recolhido será de fato reciclado, independente do sistema de coleta municipal. Com alcance de um ponto de recepção para cada 500 habitantes, o sistema separa vidros de três tipos, papel, plásticos de quatro tipos, embalagens laminadas para bebidas e dois tipos de metais. Cobra taxas para concessão da logomarca proporcional ao volume de vendas na Alemanha e ao tamanho da embalagem.

Por isso, esse símbolo só deve ser usado caso o produto seja comercializado na Europa, no Brasil ele apenas confunde o consumidor. Se o produto for comercializado no Brasil e na Europa com a mesma embalagem, é recomendável que sejam usados os outros símbolos que identificam os materiais da embalagem.

Atenção, o uso desse símbolo não necessariamente significa que o material da embalagem é reciclável.


A sustentabilidade nas embalagens começa com a correta identificação e orientação em suas embalagens. Façam de forma clara e honesta.

Comentários (6)

Dica Sustentável – Tinta

Tags: , ,

Dica Sustentável – Tinta

Postado em 25 agosto 2010 por Elisa Quartim

A maior parte das tintas utilizadas hoje nas embalagens, contém metais pesados.

Elas podem gerar problemas de saúde na hora da produção das embalagens quanto emite gases tóxicos que são inspirados pelos funcionários da gráfica.

Depois, no pós consumo, a tinta vai para o meio ambiente contaminando o solo. (isso se não for reciclada).

Por isso aqui vai algumas dicas de com reduzir esse impacto causado pelas tintas:

Usar o mínimo de tinta possível

Com um bom design, é possível limitar a quantidade de tinta usada, aproveitando a cor do papel na comunicação da embalagem. Vejam o exemplo do Matte Leão:

Usar tintas à base de vegetais

Hoje já existem muitas tintas que são à base de vegetais como a soja. Com esse tipo de tinta a embalagem pode ser mais facilmente ir para a compostagem, pois não corre o risco de contaminar o solo. E aumenta a quantidade de papel/papelão que pode ser reciclada porque as fibras são menos danificadas. Vejam o exemplo do Sansung Reclaim:

Usar tintas à base d’água
Não contém tantos metais pesados e não impactam tanto o meio ambiente.

Comentários (3)

Dica_Reciclagem_3

Tags: , , , ,

Ecologia é tema das novas embalagens de Panco

Postado em 17 agosto 2010 por Elisa Quartim

Com o objetivo de alertar os consumidores sobre as questões ambientais e demonstrar a preocupação da marca com a preservação da Natureza, a Panco está lançando embalagens com temas ecológicos para dois dos seus principais produtos: as Bisnaguinhas Originais e o tradicional Pão de Forma Premium.

Batizada de “Conheça as nossas árvores”, a série inédita de embalagens das Bisnaguinhas Originais homenageia as árvores brasileiras e é composta por quatro embalagens ilustradas cada uma com uma espécie de árvore: Pau-brasil, Araucária, Ipê-amarelo e Açaí. Para reforçar o conceito educativo da campanha, as embalagens trazem informações sobre cada espécie. Outras curiosidades sobre as árvores estarão no site www.bisnaguinhas.com.br.

Para as embalagens da linha de Pão de Forma Premium, que seguem a tendência mundial de redução de matéria prima e melhor utilização dos recursos naturais, a empresa criou a série “Reciclagem” com dicas e informações sustentáveis sobre o tema como: simbologia, descarte e coleta seletiva.

A Panco tem pesquisado novas técnicas para a reduzir a utilização de recursos naturais em suas embalagens. Como por exemplo no Pão de Forma Premium, onde foi feita uma redução na dimensão (corpo da embalagem) de quase 5% o que significa dizer que são dezenas de toneladas de filme plástico (PE) que são deixadas de ser utilizadas ao ano, preservando assim os recursos naturais. Além da redução na quantidade de cores impressas na embalagem, que seguindo o mesmo conceito, deixa de utilizar em torno de uma tonelada de tinta e milhares de litros de solventes todo ano.
Nas embalagens das Bisnaguinhas, os estudos mostraram que, não temos como fazer estes ajustes, pois já está tecnicamente ajustada a esta tendência.

Fonte:

Fatos & Notícias

http://www.bisnaguinhas.com.br

http://www.grupobimbo.com.br/

Comentários (1)

Bento-3

Tags:

Bentô – embalagem para viagem

Postado em 30 julho 2010 por Elisa Quartim

O projeto tem a intenção de criar um linha de embalagens to go (para viagem) do Bentô, um novo conceito de restaurante japonês – Seu japa, no seu tempo – que tem um sistema de serviço similar aos dos fast foods.

Voltadas para o público de classe AB, de todas as idades e que tenham o hábito de comprar comida na rua para comer em casa, as embalagens são compostas de uma parte primária, feita de PET (para acondicionamento da comida) e uma secundária, que é feita de corte e vinco em papelão, em dois modelos, para duas ou quatro unidades.

Inspirada no minimalismo japonês, o projeto é funcional, tanto para acondicionamento na loja, quanto para o consumidor final. A linha de embalagens do Bentô é, também, sustentável, pois há aproveitamento total do material utilizado (papelão onda B).

O desafio foi encontrar uma solução que fosse de fácil manuseio e armazenamento perante todos os públicos que tivessem contato com ela (funcionários e consumidor final) e que, ao mesmo tempo, gerasse o mínimo possível de impacto ambiental.

O projeto final cumpriu todos os objetivos propostos. Na loja, as embalagens secundárias são guardadas planificadas e as primárias são armazenadas empilhadas (uma dentro da outra), ocupando o mínimo de espaço possível. As embalagens plásticas, usadas para a comida, são de material reciclável e de fácil manuseio, o que dá mais agilidade ao processo de montagem.

Além disso, mesmo quando montadas, prontas para serem entregues aos clientes, as embalagens são de fácil empilhamento. As mesmas são eficazes também no sentido prático, pois se mantêm firmes e bem estruturadas durante o transporte, não permitindo que o seu interior vaze ou entorne, garantindo a integridade dos alimentos

Fonte:

http://www.tatil.com.br/

http://www.bentojapa.com.br/

Comentários (4)

A Perfume Organic

Tags: , ,

Perfume orgânico com embalagem de papel semente

Postado em 05 junho 2010 por Elisa Quartim

A Perfume Organic é um perfume que além de ser produzido com produtos orgânicos, a caixa do perfume é feita com papel de sementes de flores que pode ser plantado. Todas as embalagens são recicláveis e foram produzidas com o mínimo de material necessário.
Produzido em Manhatan, Nova Iorque. Todos os materiais foram adquiridos de empresas locais

Fonte:

http://aperfumeorganic.com/sustainability

Comentários (2)

organicfarm1

Tags: ,

Embalagens bonitas e sustentáveis para produtos lácteos

Postado em 22 fevereiro 2010 por Elisa Quartim

A designer Lindsay Perkins criou embalagens e rótulos para produtos orgânicos inspirados em uma pequena fazenda nos EUA, a Nezinscot Farm. A ideia é manter um padrão visual entre todos os alimentos da fazenda e destacar a sua simplicidade e sabor puro.

As embalagens para os queijos são criadas a partir de material 100% reciclado e biodegradável, feito de sementes de capim. Ele pode ser replantado para dar vida a novas plantas.

As garrafas para o leite, têm as informações do produto impressas no vidro e podem ser reutilizadas.

Fonte:

http://popsop.com/30325

http://www.lindsayperkins.com/look/nezinscot.html

Comentários (2)

dobem1

Tags: , ,

Suco do bem

Postado em 09 fevereiro 2010 por Elisa Quartim

A do bem é uma empresa do Rio de Janeiro que tem por objetivo fazer um suco parecido com sua uma casa de sucos, tradicionais no Rio. Apenas com frutas frescas, sem água, sem açúcar, conservantes, corantes e colocar em caixinhas legais

Eles conseguiram esse objetivo através de 4 sabores diferentes de qualidade e uma embalagem que onde é destacada a ilustração dos personagens.

Toda a empresa é focada na saúde e no bem. Eles perceberam que não adiantava buscar as melhores frutas frescas do Brasil, se não se responsabilizarem em ajudar a criar um mundo para elas crescerem em paz, longe de eventos climáticos indesejados.

Para a criação das embalagens eles realizaram o Inventário de Emissões de GEE (Gases de Efeito Estufa), o cálculo da pegada de carbono, desde a colheita na Fazenda do Bem até a reciclagem.

Através do inventário eles chegaram a conclusão que as embalagens Tetra Pak seria o melhor caminho.

Eles realizaram o Inventário de Emissãoes de GEE (Gases de Efeito Estufa), a pegada de carbono. Esse inventário foi feito pela Cantor CO2, uma empresa que faz estudos sobre as mudanças no mundo.

A Tetra Pak hoje tem uma política de sustentabilidade que vieram de acordo com as necessidades da empresa. 75% dela é feita de papel de árvires reflorestadas com selo FSC. Ela é 100% reciclável, desde que vá para empresas que tenham equipamento para separar o seu material (plástico, papel e alumínio). Além de seu empilhamento no estoque e no transporte ser muito eficiente.

Para ter uma ideia, 1 caminhão de caixinhas Tetra Pak equivale a 28 caminhões de garrafas de vidro vazias. Ao invés delas vierem prontas eles a recebem abertas e é fechada na fábrica.

O resultado do estudo mostra o quando de gases é emitido da produção do suco. Vejam abaixo:

Fonte: http://www.dobem.com/

Comentários (7)

6a00d8345250f069e20120a5f9ace3970b-550wi

Tags: ,

Green Genius, design com inteligência.

Postado em 21 outubro 2009 por Elisa Quartim

6a00d8345250f069e20120a5f9abbc970b-550wi

Green Genius é um novo saco de lixo biodegradável. Saco de lixo biodegradável não é mais novidade, mas a grande diferença está na embalagem. Produtos “ecológicos” ou “amigos do meio ambiente” estão surgindo muitos no mercado, mas nem sempre a comunicação é eficiente.

Neste projeto, feito pela agência Hub Strategy & Communication de São Francisco, foi feito focado em algusn itens.

1) Deveria ser amigo do meio ambiente e humano.
Eles conseguiram isso usando papel craft 100% reciclado onde 60% é de pós consumo. A impressão é à base de tintas UV, que tem um menor impacto no meio ambiente.

2) O design de um saco de lixo que realmente deveria ser bonito (apesar de ser um produto não valorizado).
Isso eles conseguiram muito bem através da cores e tipografia, não caido no verde total. E a ilustração surrealista do gênio com a floresta na cabeça. Muito bem sacado! Além de mostrar o benefício de ser resistente de uma forma visual (um problema dos sacos biodegradáveis que acabam sendo menos resistentes).

6a00d8345250f069e20120a5f9ace3970b-550wi

Assim, Green Genius é uma embalagem que passa a mensagem de ser ecológico, se destaca na gôndola e ainda é sustentável.

Fonte: http://www.thedieline.com

http://www.thegreengenius.com/

Comentários (0)

greentogrow4

Tags: ,

Green to Grow – começando cedo.

Postado em 10 junho 2009 por Elisa Quartim

greentogrowset

greentogrow2greentogrow4

Green to Grow é uma empresa que faz mamadeiras de Polyethersulfone (PES), ou seja, não contém BPA.

PES é conhecido por sua capacidade de se manter estável com as mudanças de temperatura e tem uma durabilidade excepcional.

A embalagem é feita com o mínimo de material possível. Ela é feita de material 100% reciclado com tinta à base de soja.

Green to Grow acredita que os pais tem o poder fazer mudanças positivas para sua família e para o meio ambiente. A empresa está comprometida em encontrar as melhores soluções para o meio ambiente considerando o impacto de cada decisão que tomam. 1% de seus lucros vai para a ONG 1% for the Planet e fundaram o Bottles to Babies Initiative, usando o seu site como veiculo para conectar famílias que não estão usando suas mamadeiras e doarem para alguma instituição

Fonte: http://www.treehugger.com/

http://www.greentogrow.com/

Comentários (0)

cascadegreen31

Tags: ,

Cascade Green – A cerveja verde

Postado em 06 março 2009 por Elisa Quartim

cascadegreen11

O objetivo da cerveja Cascade Green era criar um cerveja com um impacto menor possível na natureza. Diminuindo a quantidade de CO2 emitidos e o impacto no efeito estufa, em todo o ciclo de vida do produto. Para isso, a produção cerveja teve que ser ajustada. ganhando a certificação do Australian Government Greenhouse Friendly™. Para isso a embalagem deveria ter essa preocupação.

A Landor foi encarregada para o desenvolvimento da imagem desse produto. Tudo desde a embalagem até o material de PDV foi feito com essa preocupação.

No desenvolvimento da embalagem, o objetivo principal era diminuir o máximo possível a emissão de carbono e sua pegada ambiental.

Tudo foi impresso em 2 cores de tintas de origem vegetal biodegradável que ainda dá um estilo mais natural para a embalagem. E sempre que possível, os materiais selecionados são baseados na sua reciclabilidade, incluindo papel reciclado para o PDV e caixas de embarque.

cascadegreen21

cascadegreen31

Fonte: http://www.landor.com/

http://www.cascadegreen.com.au/

Comentários (0)

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também