Na categoria | Reciclagem, Redução

Guaraná, com PET reciclado, repensa o seu ciclo de vida

Postado em 26 julho 2011 por Elisa Quartim

A Ambev participou do Projeto Sustentabilidade de Ponta a Ponta com o Guaraná Antarctica dois litros, com o objetivo de substituir nas gôndolas o produto atual com a primeira embalagem no Brasil com resina de PET reciclado. A relevância é enorme no portfólio da empresa, já que o produto escolhido é sua principal marca de refrigerante, e a embalagem de dois litros é a principal embalagem do mercado.

O desafio foi agregar a tecnologia de incorporar resina de PET reciclado à resina virgem atendendo a normatização dos órgãos públicos (Vigilância Sanitária) referente ao uso de material reciclado em embalagens de alimentos. Neste contexto, as garrafas já serão produzidas com uma parcela de resina reciclada e o objetivo é aumentar, paulatinamente, a substituição da quantidade de resina virgem utilizada no processo de fabricação. O trabalho foi todo concentrado na fábrica do Rio de Janeiro. No rótulo da embalagem haverá informações que identificam o percentual de resina de origem de PET reciclado.

Para viabilizar o Guaraná Antarctica dois litros em embalagem com PET reciclado, a empresa vem investindo na qualificação e harmonização de uma cadeia de cooperativas de reciclagem que serão os grandes fornecedores deste insumo.

No projeto houve ainda o aumento de eficiência técnica na produção do guaraná. Na fazenda da Ambev localizada em Maués (AM), é feita toda extração do fruto. Lá foi criado um programa de excelência, já que a fazenda é um grande viveiro de mudas que são distribuídas para a comunidade local, que depois fornece os frutos. A Ambev compra 100% do guaraná produzido na região. Isso aumenta a produtividade, oferece garantias para o produtor. Além disso, a Ambev implementou um novo modelo de transporte do guaraná, que garantiu uma redução significativa na emissão de CO2.

Por ser uma marca tradicionalmente brasileira, o produto será comercializado somente no Brasil e a expectativa de resultados com o Guaraná Antarctica em nova embalagem é de um crescimento pouco maior que a média do mercado. Os recursos utilizados no projeto foram todos da unidade brasileira. Cinco funcionários das áreas de Desenvolvimento Técnico, Suprimentos, Jurídico, Relações Corporativas e Marketing participaram da gestão corporativa do projeto. Além de outros funcionários, houve o envolvimento pró-ativo de fornecedores industriais e institutos de pesquisa, mobilizando um grande número de pessoas motivadas pelo processo de repensar o ciclo de vida de uma marca campeã de vendas.

SUSTENTABILIDADE NA MEDIDA


Esse projeto teve como base a aplicação de uma tecnologia para utilização do PET 100% reciclado pós consumo com aprovação para contato com alimentos e bebidas, a implementação de melhorias no processo produtivo e no transporte e redução da massa de embalagem. Além disso, foram ampliadas as ações de fomento e assistência tecnológica para o cultivo do guaraná e para ampliação da cadeia de reciclagem da embalagem. Os ganhos ambientais alcançados pelo projeto para a estimativa de venda anual na rede Walmart foram:

  • redução de 60,7 mil kg de material de embalagem por ano
  • redução de 940 mil litros de água por ano
  • economia de 208 mil litros no consumo de óleo diesel/ou óleo combustível no transporte
  • redução da emissão de 557 mil kg CO2 equivalente por ano
  • tecnologia para utilização de embalagens de PET 100% reciclado pós consumo aprovada para contato com alimentos e bebidas
  • fomento e estruturação do cultivo do guaraná na região amazônica com assistência técnica aos agricultores para o plantio e obtenção de maior produtividade pelo mesmo espaço ocupado, garantia de ausência de trabalho infantil, garantia de preço e de compra da safra produzida
  • iniciativas para fomentar a estruturação e coleta do PET reciclado pós consumo de forma a manter a rastreabilidade da cadeia, análise de oportunidades e de melhoria e conscientização do consumidor

Fonte:

http://www.walmartsustentabilidade.com.br/sustentabilidade-pontaaponta-2011/

2 Comente este post

  1. vicente Says:

    com a utilização da http://www.prensapet.com.br fica mais facil as garrafas PET retornarem a origem.

    acesse em confiram

    att.

    Vicente

  2. glauco barao Says:

    Muito importante esta noticia, alguém está tentando realmente fazer algo com as garrafas Pet, visto que 65% delas são enviadas aos rios para reciclagem natural que dura uns ….. muito tempo.

1 Trackbacks For This Post

  1. Sustentabilidade de Ponta a Ponta|Elogios por Dia! fala:

    [...] Fonte: Embalagem Sustentável [...]

Deixe uma resposta

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também