Bisnaga PCR (Post Consumer Recicled) da C-Pack

Postado em 18 junho 2011 por Elisa Quartim

A C-Pack, líder no mercado Latino Americano de embalagens no formato de bisnaga (tubo) traz ao mercado uma bisnaga  produzida com material reciclado de pós consumo, o PCR (Post Consumer Recicled).

A empresa levou quase dois anos para desenvolver a novidade, em um projeto iniciado a partir de uma ideia da Johnson & Johnson. O novo tubo será adotado até o fim do ano pela J&J por outros dois clientes do mercado de higiene pessoal e beleza.

O material reciclado, derivado da coleta seletiva de polietileno e polipropileno, é empregado como uma espécie de recheio de sanduíche numa estrutura de três camadas – a interna e a externa são de material virgem, para evitar, respectivamente, riscos de contaminação do produto acondicionado ou de má impressão dos tubos.

Evitar a extração e os gastos na produção de matéria-prima virgem com a re-utilização de materiais, faz da reciclagem uma ferramenta amenizadora dos impactos ambientais.

Fora essa  novidade (ver quadro), a C-Pack tem um plano de lançamento contínuo de inovações em tubos plásticos. O projeto é respaldado pelo Core-D, um departamento de pesquisa e desenvolvimento criado há pouco mais de seis meses. Alocado em um laboratório construído na fábrica da empresa, em São José (SC), o setor é tocado por um grupo de nove engenheiros, cooptados em um convênio com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Um dos projetos em fase final de gestação pelo Core-D, antecipa Yassuda, é o tubo plástico confeccionado a partir de ácido polilático (PLA), resina “verde” derivada de fontes agrícolas. Junto com o tubo PCR, o tubo de PLA integra o conceito Eco Packaging, criado pela C-Pack para identificar as embalagens fabricadas levando em conta princípios de sustentabilidade.
As embalagens plásticas – tubos, tampas e componentes – produzidas pela C-Pack atendem ao conceito “Eco-Packaging”, pois são produzidas com 50% a menos de energia e menor quantidade de matéria-prima. São mais de 700 possíveis variações de formatos, além das diversas combinações decorativas.
A certificação SA8000 de responsabilidade social, obtida pela C-Pack em 2005, é fruto do investimento que a empresa faz em sustentabilidade. Toda a estrutura da fábrica, onde trabalham cerca de 400 colaboradores, apresenta soluções inteligentes como cobertura e paredes TermoWall, iluminação natural, aquecedor solar, captação da água da chuva, tratamento de esgoto e sistema de pressão positiva, que não permite a entrada de agentes contaminantes no ambiente fabril pelas portas.
Todo o investimento em sustentabilidade; Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) e design renderam a C-Pack alguns troféus como o Roberto Hiraishi (Embanews) nos anos 2011, 2008, 2007 e 2006; Embalagem Marca 2007 e Embanews 2007 e 2006.
Fonte: http://www.c-pack.com.br

http://www.embalagemmarca.com.br/

Deixe uma resposta

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também