Na categoria | Design de Produto, Eventos

Tags |

Produtos feitos com resíduos na Craft Design

Postado em 14 março 2011 por Elisa Quartim

Até o dia 15 de março acontece a 18° Craft Design em Sçao Paulo. Ela é uma feira de negócios que apresenta tendências na área de decoração, design e arte. Direcionada a lojistas, fabricantes, arquitetos, decoradores e profissionais do setor em geral, a Feira promove, semestralmente, a integração tanto de novos talentos, quanto de designers consagrados, com o setor produtivo e seus canais de distribuição.

Estive lá e encontrei vários produtos interessantes feitos com embalagens e outros resíduos. Tem vários produtos interessantes e criativos, mas aqui vou mostrar apenas uma pequena amostra do que vi e que usa o resíduo como matéria prima.

Ana Moraes

Ana Moraes é artista plástica e faz as coisas mais lindas com arames, embalagens de lata e outros materiais reciclados. As peças sempre vêm enfeitadas com botões, restos de tecido e continhas.

Tudo muito delicado e lúdico. Dá vontade de ficar olhando um tempão os detalhes.

Kazari

A KAZARI é uma empresa que elabora projetos de interiores residenciais, comerciais, e na criação de peças decorativas. Eles utilizam materiais com garrafas de PET e vidro. Com um acabamento profissional e de qualidade. Design arrojado, criatividade e sofisticação, são princípios que se encaixam na filosofia da KAZARI.

Acima garrafa de vidro reciclada, pintadas manualmente, com aplicações de contas de acrílico e laço de cetim colorido.
Usada como peça decorativa, ou vaso.
Acima flores feitas do fundo e da parte lisa da garrafa PET, em fios encerados e contas de acrílico. Corrente e argola de metal.

Reciclanto

A Reciclanto é uma empresa que tem como foco divulgar art-design baseado na renovação e no consumo consciente. Na confecção de seus produtos eles reaproveitam materiais que seriam descartados e geram renda envolvendo a comunidade de Florianópolis.

Acima sacolas feitas com embalagens de café utilizadas em cafeterias.

http://reciclanto.blogspot.com

Design Possível

O Design Possível é um projeto desenvolvimento social que conta com a participação de estudantes, profissionais, ONGs e empresas. Com estrutura orgânica se transforma e se atualiza com grande velocidade, buscando com isso adequar-se as necessidade encontradas e auxiliar no processo de construção de uma sociedade melhor… .

A missão do Design Possível é: Promover, estimular, discutir, estudar e aplicar o design transformando a sociedade em sustentável, equilibrada e justa.

É um projeto que ainda vai crescer muito e tem grande importância para o design sustentável brasileiro.

Acima sacola feita com banner utilizada para propaganda nos pontos de venda.

http://www.designpossivel.org/

Oficina de Artes Boracea

A Oficina de Artes Boracea começou a partir do programa de geração de renda da Prefeitura Municipal de São Paulo, denominada Operação Trabalho. Coordenado pela arquiteta e designer Adriana Yazbek, tinha como objetivo formar oficineiros a partir dos usuários do albergue Projeto Oficina Boracea.

O projeto teve a duração de seis meses. Eles começaram a desenvolver painéis, mandalas, cestos, jogos americanos, colares, etc. A matéria prima principal utilizada é o jornal tingido.

Eles também aceitam encomenda, dando a opção de escolher a cor ou de impermeabilizar algum produto.

Acima painel feito com jornal.

Acima cesto feito com jornal.

http://www.oficinadeartesboracea.com.br/

Lixiki

A LIXIKI une o conceito da reutilização de material de descarte e de desenvolvimento social, tendo seu processo produtivo realizado em comunidades. Ótimo acabamento com soluções bem criativas.

Acima porta lápis feito com disco de vinil termo-deformado

Acima bolsa de praia com bolso externo feita com banner.

http://www.lixiki.com.br/

Deixe uma resposta

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também