Banco Imobiliário Sustentável

Postado em 14 junho 2010 por Elisa Quartim

A petroquímica Braskem e a fabricante de brinquedos Estrela anunciam parceria de longo prazo para desenvolver produtos com polietileno ‘verde’, feito de matéria-prima 100% renovável. O primeiro produto dessa parceria é o Banco Imobiliário Sustentável, versão ecologicamente correta do jogo.

A embalagem foi produzida em papel reciclado e eliminaram o uso de filme plástico para a proteção da caixa. Sua tampa traz todo o conceito de reciclagem e sustentabilidade de forma clean e moderna.

As peças foram feitas com o “plástico verde”, um material feito à base da cana-de-açúcar desenvolvido pela petroquímica Braskem, feito com matérias-primas 100% renováveis.

A dinâmica do jogo está ligada ao tema da sustentabilidade. Em vez de bairros e ruas importantes, as casas do tabuleiro são reservas naturais como Pantanal, Rio São Francisco, Chapada dos Veadeiros, Serra da Mantiqueira e locais de produção de cana de açúcar, como Ribeirão Preto, Três Lagoas (MS) e Teotônio Vilela (AL).

As companhias de transporte foram substituídas por empresas como Companhia de Reciclagem Energética, Companhia de Reflorestamento, de Agricultura Orgânica, de Reciclagem Mecânica. As cartas de Sorte ou Revés também são temáticas. O jogador pode sofrer reveses como “sua empresa foi multada por poluir demais”, ou sorte como “você protegeu suas terras do desmatamento e faturou com o turismo ecológico”.

Fonte: http://ccsp.com.br/ultimas/noticia.php?id=32211

Design: http://www.3designvisual.com.br

1 Comente este post

  1. Idely Florence Lelot Says:

    uau……..adorei!

    Esse jogo fez a alegria de tanta gente e até hoje é sempre comentado!
    Maravilha a “modernização” dele, trazendo-o para o nosso dia a dia sustentável!
    Parabens!

Deixe uma resposta

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também