Na categoria | Consumo

Tags |

Consumo consciente em crescimento no Brasil

Postado em 09 março 2010 por Elisa Quartim

O comportamento do consumidor brasileiro vem mudando quando o assunto é sustentabilidade. A Unomarketing lançou o primeiro volume de uma série de dossiês relativos à comunicação consciente que serão realizados em parceria com os profissionais Ricardo Voltolini, da Ideia Sustentável e Luiz Bouabci, da Mob Consult. Estiveram presentes aproximadamente 60 profissionais das áreas de comunicação e sustentabilidade.

Durante apresentação, os responsáveis pelo desenvolvimento do dossiê sobre Consumo Consciente expuseram o processo de criação, pesquisa e mapeamento do documento além de apresentar, em primeira mão, o resultado do empreendimento aos convidados.

Os dados do Monitor de Responsabilidade Social Corporativa mostra como o consumidor brasileiro está insatisfeito com a conduta socioambiental das empresas nacionais e ainda aponta três tendências que vão interferir nos mercados nacional e internacional.

A primeira delas é que “intenções, nem sempre predizem ações” . Consumidores podem manifestar a intenção de consumir de forma mais consciente em pesquisas, mas não agir desse modo na prática.

A segunda conclusão é que “ o consumo consciente é filho da abundância, mas alavancado pela escassez”. Com a situação econômica favorável, o consumo responsável cai. Em crise, o consumo punitivo cresce.

A terceira conclusão é que “o consumo consciente não é aleatório, mas também não é linear. O consumo consciente segue ciclos” . A lógica tem a ver com fases cíclicas. Começa com o deslumbramento em relação ao assunto, seguida pela fase da cobertura midiática intensa. Na terceira fase, a mídia deixa de se deslumbrar e pesa os prós e os contras, ajudando a formar e estabilizar as opiniões. Na quarta fase há uma conscientização gradual dos custos e consequências pessoais. Na quinta fase, se consolidam as opiniões. Estamos na segunda fase do consumo consciente. O mesmo processo se deu com situações como a ascensão da democracia.

Alguns dados da pesquisa:

  • Dois em cada 10 brasileiros já levam em consideração o compromisso socioambiental da empresa antes de comprar um determinado produto.
    O nível de engajamento ainda é pequeno se comparado a consumidores dos Estados Unidos e dos países da Europa, mas a mudança de hábito indica que esses números só tendem a aumentar, principalmente com a utilização das novas tecnologias.
  • Os consumidores brasileiros têm estado mais atentos e críticos em relação às atitudes tomadas pelas empresas.
    Além disso, eles têm expectativas positivas com relação às empresas que estão 20% acima da média mundial e uma avaliação negativa que está três pontos acima da média de outros países. Há uma desconfiança maior quanto às informações passadas pelo varejo em geral e, de certa forma, essa atitude está atrapalhando a expansão do consumo consciente no país.
  • As tecnologias vem ajudando a acelerar o processo de adoção do consumo consciente.
    Nos Estados Unidos, uma ferramenta chamada GoodGuide tem revolucionado nos supermercado. O aplicativo, que pode ser posto no celular, informa rapidamente ao comprador todos os dados socioambientais do produto na medida em que tem acesso a seu código de barras. Assim, o consumidor saberá se o item pesquisado pode vir a causar danos à saúde ou se há algo ilegal em sua cadeia produtiva, como uso de trabalho escravo. Tudo isso em segundos.
  • Grande parte dos fabricantes ainda não investe na transparência quando o assunto é rotulagem de produtos.
    Embora o Brasil ainda apresente uma alta taxa de analfabetismo funcional, a tendência é que o consumidor busque mais informações nos rótulos e siga o que está sendo observado no mundo. A mídia, nesse ponto, tem um papel importante para fazer valer
A íntegra do dossiê, um total de 16 páginas, está disponível na edição 19 da revista Ideia Socioambiental e está disponível aqui para download em versão PDF.
Fonte:

Deixe uma resposta

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também