Suco do bem

Postado em 09 fevereiro 2010 por Elisa Quartim

A do bem é uma empresa do Rio de Janeiro que tem por objetivo fazer um suco parecido com sua uma casa de sucos, tradicionais no Rio. Apenas com frutas frescas, sem água, sem açúcar, conservantes, corantes e colocar em caixinhas legais

Eles conseguiram esse objetivo através de 4 sabores diferentes de qualidade e uma embalagem que onde é destacada a ilustração dos personagens.

Toda a empresa é focada na saúde e no bem. Eles perceberam que não adiantava buscar as melhores frutas frescas do Brasil, se não se responsabilizarem em ajudar a criar um mundo para elas crescerem em paz, longe de eventos climáticos indesejados.

Para a criação das embalagens eles realizaram o Inventário de Emissões de GEE (Gases de Efeito Estufa), o cálculo da pegada de carbono, desde a colheita na Fazenda do Bem até a reciclagem.

Através do inventário eles chegaram a conclusão que as embalagens Tetra Pak seria o melhor caminho.

Eles realizaram o Inventário de Emissãoes de GEE (Gases de Efeito Estufa), a pegada de carbono. Esse inventário foi feito pela Cantor CO2, uma empresa que faz estudos sobre as mudanças no mundo.

A Tetra Pak hoje tem uma política de sustentabilidade que vieram de acordo com as necessidades da empresa. 75% dela é feita de papel de árvires reflorestadas com selo FSC. Ela é 100% reciclável, desde que vá para empresas que tenham equipamento para separar o seu material (plástico, papel e alumínio). Além de seu empilhamento no estoque e no transporte ser muito eficiente.

Para ter uma ideia, 1 caminhão de caixinhas Tetra Pak equivale a 28 caminhões de garrafas de vidro vazias. Ao invés delas vierem prontas eles a recebem abertas e é fechada na fábrica.

O resultado do estudo mostra o quando de gases é emitido da produção do suco. Vejam abaixo:

Fonte: http://www.dobem.com/

7 Comente este post

  1. Cadu Corrêa Says:

    Oi, Elisa, eu já conhecia a empresa aqui do Rio. Ela veio seguindo o conceito da inglesa Innocent Drinks ( http://www.innocentdrinks.co.uk/us/ethics/ ). Dê uma olhada.
    Bjo

  2. embalagemsustentavel Says:

    Oi Cadu!

    Já conhecia. Tem um post que fala sobre eles aqui http://embalagemsustentavel.com.br/2008/11/04/uma-forma-de-comunicar-que-a-embalagem-e-reciclavel/

  3. Família do bem™ Says:

    Oi Elisa, adoramos a matéria. Este trabalho demorou 5 meses para ficar pronto e muito pouco se falou. Mas ele não para por aí, este ano avançaremos no entendimento de gastos de novos sabores e novos formatos de embalagem.

    Até mais, e sempre que quiser fale com a gente.
    Com carinho,
    Família do bem™

  4. ze Says:

    Esquisito! Aqui nos EUA a embalagem tetrapak foi banida por nao ser sustentavel…

  5. embalagemsustentavel Says:

    Pois é, porque a enbalagem para ser reciclada depende de equipamentos que separam o papel, do alumínio e do plástico. Essa tecnologia foi desenvolvida no Brasil e por isso já existe tantos lugares que fazem esse trabalho. Mas se a embalagem for vendida em uma região que não tenha acesso à essa tecnologia acaba tornando esse tipo de embalagem insustentável. Veja mais sobre a reciclagem da embalagem tetra pak aqui http://www.tetrapak.com/br/meio_ambiente/ciclo_de_vida_da_embalagem/pages/reciclagem.aspx

  6. Luis Says:

    Conheço os produtos Do Bem e acho que o suco de laranja e a limonada estão bem acima da média, se compararmos com produtos similares. Só que descobrir que a identidade e conceito da marca, que para mim eram inovadores, foram “fortemente inspirados” pela Innocent Drinks me fez perder um pouco do encanto pela empresa. Até o discurso descontraído é parecido! Se bem que ele se encaixa muito mais no perfil praiano da zona sul do Rio de Janeiro do que em qualquer parte da cinzenta Inglaterra… ;-)

    Os sucos são bons, repito, mas criar uma empresa em cima da inspiração alheia não é muito bacana.

  7. isabella pipitone Says:

    É tão feio ver o Brasil tendo que copiar conceito, branding e tudo o que conseguir chupinhar de outra marca…
    O produto pode ser de qualidade, mas senta na cadeira e queima a cabeça pensando em um conceito original. O picareta que ”criou” essa marca é o rei do oportunismo….

    Matéria falando da cópia. http://youthoughtwewouldntnotice.com/blog3/?p=344

Deixe uma resposta

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também