Archive | maio, 2009

Numbers_lata3

Visão do consumo atual

Postado em 29 maio 2009 por Elisa Quartim

Running the Numbers é um ensaio fotográfico de Chris Jordan. Ele olha a a sociedade americana com os olhos da estatística. Cada imagem especifica a quantidade consumida de algo. A intenção é que as imagens criem um impacto maior do que apenas a representação por números, segundo sua opinião, estatísticas são abstratas e anestésicas, dificultando sua conecção com seu real significado.

2.000.000 Garrafas plásticas – Número de garrafas plásticas consumidas pelos EUA a cada 5 minutos.

Numbers_garrafa1

Zoom parcial:

Numbers_garrafa2

Detalhe:

Numbers_garrafa3

106.000 latas de alumínio – Número de latas de alumínio consumidas pelos EUA a cada 30 segundos.

Numbers_lata1

Zoom parcial:

Numbers_lata2

Detalhe:

Numbers_lata3

Para repensarmos nosso consumo diário.

Fonte: http://muitolegalblog.blogspot.com/

Comentários (0)

Bijou_metal

Tags: , , , , ,

O que fazer com as embalagens metalizadas?

Postado em 28 maio 2009 por Elisa Quartim

As embalagens metalizadas são usadas para salgadinhos, café, biscoito e sopa. Até existe a tecnologia para reciclar, mas poucos conseguem. Então o que fazer com ela?

Já foi desenvolvido um novo material metalizado biodegradável, que ainda não existe no Brasil.

A organização mexicana Barcel do Grupo BIMBO será a primeira empresa no mundo a usar embalagens metalizadas biodegradáveis para seus salgadinhos. Essas embalagens tem previsão de se desintegrar em um período máximo de 3 a 5 anos. Ela tem um aditivo que degrada o material assim que sua vida útil é completada. Essa tecnologia foi criada pela ingleza Synphony Plastics. Elas foram projetadas com o objetivo de conservar sua frescura, sabor e características da mesma forma que as tradicionais.

A previsão para a entrada dessa embalagem será no final de 2010.

Fonte: http://www.envapack.com/envases_empaques1324.html

Takis

Como os salgadinhos americanos Fisher’s Chefs Natural Baking Nuts, que estão usando embalagens de com o material feito de fontes renováveis, conforme o press release deles. A substituição do filme metalizado foi feita sem sacrificar a barreira contra ar. Além disso, a empresa está fazendo esforços de reduzir a energia gasta na produção do produto e continua pesquisando novos materiais para reduzir o lixo.

http://www.fishernuts.com

Fonte: http://www.environmentalleader.com/2009/05/01/fisher-ditches-mylar-for-sustainable-packaging/

Fisher Ditches

Nos EUA os salgadinhos Frito-Lay, anunciou uma nova parceria com a TerraCycle que já escrevi aqui no blog. Eles vão adquirir as embalagens e delas produzir produtos como sacolas com seus salgadinhos, evitando que vire lixo. Através desse programa conjunto, os consumidores e grupos de comunidades locais podem vender suas embalagens usadas para a TerraCycle e ganhar dinheiro eassim evitar que elas vão para os aterros.

Fonte: http://popsop.com/26450

fritola_bags

E, por fim, um passo a passo de como fazer fios com BOPP metalizado. Que pode ser usado para fabricação de bolsas e bijuterias.

http://www.esnips.com/doc/65b58c7a-548e-4c77-ad0f-eb4ce8669fd8/Reciclagem—Fio-feito-de-embalagem-de-salgadinhos

Bijou_metal

Comentários (8)

Tags:

Design sustentável da agência EDG

Postado em 26 maio 2009 por Elisa Quartim

O processo de design de embalagens é parte do problema ou da solução?

Vejam o filme da agência californiana Evenson Design Group e vejam como ela conseguir desenvolver design sustentável, para pequenas e grandes empresas.

Video em inglês.

http://www.evensondesign.com/

Comentários (0)

Eco Flex Molded Pulp1

Tags:

Embalagem verde de polpa moldada, flexível e versátil.

Postado em 21 maio 2009 por Elisa Quartim

Eco Flex Molded Pulp1
A americana Salazar Packaging, empresa especializada em desenvolvimento de embalagem e produtos para embalagens sustentáveis, desenvolveu uma novoa embalagem amiga do meio ambiente.
Sua versatilidade permite que ela seja usada inteira ou destacada para proteger produtos pesados, porém frágeis e de alto valor. São vendidas em folhas de 13,5 x 11,5 x ,75 polegadas de espessura.
Eco Flex Moldada Celulose é feita a partir de papel de polpa moldado reciclado e pode ser reutilizado.

Eco Flex Molded Pulp-around-bottleEco Flex Molded Pulp-packaging

Eco Flex Molded Pulp-corner-protection2

Eco Flex Molded Pulp-cushioning

Fonte:

http://www.packagedesign.com/

http://blog.salazarpackaging.com/

Comentários (0)

ccosmeticoswz6

Tags:

C/cosmeticos, da feira para casa

Postado em 20 maio 2009 por Elisa Quartim

ccosmeticoswz6

ccosmeticos

A C/ cosméticos, uma novo linha de cosméticos brasileira, desenvolveu uma linha de produtos que busca na essência do alimento que é a sua proposta conceitual e a inspiração para seus produtos. Suas formulações são consideras como “receitas” para a pele e para o corpo. São shampoos, condicionadores, máscara capilar, sabonete líquido e em barra, sais de banho, esfoliante e hidratante corporais, creme de barbear, gel pós-barba e alguns itens para a casa, tais como home spray e vela aromática.

A C/Cosméticos buscou ingredientes da natureza como especiarias e frutas (que também são alimento) para o cuidado diário da pele.

Em uma releitura contemporânea, a equipe de desenvolvimento da C/Cosméticos ao invés de criar um novo modelo de embalagem para cada produto da linha C/, foi buscar em velhos conhecidos da indústria de alimentos o design para acondicionar suas fórmulas.  Os sabonetes em barra, são embalados em sacos que remetem aos usados para saquinhos de tempero e os sais de banho ganharam uma releitura do vidro de maionese. O layout das embalagens prima pelo traço clean e pela informação direta, a fim de que as combinações de ingredientes possam ser identificadas tão logo o consumidor bata o olho no produto na gôndola.

A imagem dos produtos também faz parte da intenção da marca de despertar a consciência ambiental entre os consumidores. As sócias argumentam (e, é claro, tal postura gera muita controvérsia) que criar novas embalagens e rótulos só contribuiria para aumentar o número de processos químicos e industriais que já assolam o planeta. Seja como for, essa consciência garantiu à marca o “Selo Verde” da Max Ambiental, que criou a marca Carboneutro.  E a C/ Cosméticos compensará a natureza plantando árvores para a neutralização de carbono.

A forma de expor seus produtos lembra com as frutas são expostas na feira, onde você pode provar as frutas sem barreiras, dando a idéia de ser mais acessível. No projeto, em vez de gavetas, foram utilizadas caixas de frutas empilhadas, assim como em uma feira. A escolha da madeira laqueada branca e da madeira pinus dão o tom rústico característico das caixas originais.

ccosmeticos2

ccosmeticos3

http://ccosmeticos.com.br/

Fonte: http://www.oguiaverde.com/

Comentários (2)

Tags:

Nódesign fala na GNT sobre Design Sustentável

Postado em 19 maio 2009 por Elisa Quartim

Programa da GNT sobre sustentabilidade com participação do Nódesign. Na entrevista, Flávio di Sarno (Barão) dá dicas de como deve ser um design sustentável.

Parte 1

Parte 2


http://www.nodesign.com.br/

http://blog.nodesign.com.br/

Comentários (0)

econation4

Tags:

Caixa de som personalizada

Postado em 19 maio 2009 por Elisa Quartim

econation1

econation2

econation3

econation4

Um produto para vc soltar  a imaginação sem culpa. É um kit amigo do meio ambiente para construir um auto falante para o seu som. Ele inclui 6 lápis de cor, plug universal e permite tocar música de qualquer aparelho de som que vc queira. Criado por Merkury, esses auto-falantes são portáveis, divertidos e feito com 70% de materiais reciclados, incluindo a embalagem.

Fonte: http://itsgreendesign.blogspot.com/

http://www.urbanoutfitters.com/

Comentários (0)

highland_lilac_2009_320x240

Tags:

Highland Lilac em embalagem verde

Postado em 14 maio 2009 por Elisa Quartim

highland_lilac_2009_320x240

A Diamond Packaging e a Highland Lilac of Rochester desenvolveram uma embalagem mais sustentável para o perfume Highland Lilac™

Os cartuchos são feitos de papel cartão 100% reciclável e de recursos renováveis e produzidos com o uso de 100% de energia eólica. A embalagem também sofreu um processo de redução de peso, material  e emissão de gases de efeito estufa, além de minimizar os resíduos. O peso total do cartucho foi reduzido em 60% comparado com a versão anterior. Isso foi possível graças à redução de 25% do papel cartão e à eliminação completa do PVC.

Os benefícios ambientais do uso de energia eólica durante a produção da embalagem podem ser comparados a uma área plantada de aproximadamente 380 mil m2/ano ou à redução de 1 tonelada de emissão de dióxido carbono/ano.

Além de desenhar e fabricar os cartuchos, a Diamond coordenou a produção do produto e o envase da fragrância.

http://www.pack.com.br/

Comentários (0)

NaturalPack2

Tags: ,

Embalagem naturalmente degradável

Postado em 13 maio 2009 por Elisa Quartim

NaturalPack1

NaturalPack2

No Carrefour da Colômbia, está a venda um doce de Manjar Branco que sua embalagem é feita da casca de um fruto (provavelmente um tipo de melão) resíduo proveniente de outro produto da indústria. A casca, que seria jogada fora, é aproveitada como embalagem. Essa casca não faz parte dos ingredientes do doce.

Uma embalgem naturalmente degradável. A única parte não degradável é o shrink que envolve e protege o produto, que utiliza bem menos material plástico do que uma embalagem comum.

http://www.boxvox.net/

Comentários (0)

Ariel ExcelGel

Tags:

Ariel Excel Gel – Embalagem compacta

Postado em 12 maio 2009 por Elisa Quartim

Ariel ExcelGel

ariel

Ariel Excel Gel é feito de um gel super compacto que economiza 40% de água no processo de produção.

A embalagem, por ser concentrado, usa 14% menos embalagem do que a maioria das embalagens de sabão líquido, isso significa que cada caixa, cada palette e cada caminhão pode transportar mais detergente, sendo mais econômico e emite menos gás carbônico.

Como é colocado diretamente na roupa, ele garante que mantém 50% mais ativos de limpeza dos que os convencionais que são colocados nas gavetas da máquina ou têm de ser diluídos antes.

Desenvolvido pela agência de design britânica Studio Davis em conjunto com o time de design da Procter & Gamble, a embalagem incorpora algumas novidades como a “visi-strip”, uma faixa transparente na lateral para visualização interna do conteúdo (muito utilizada aqui em óleos automotivos), fechamento em PP “snap-on/snap-off” e na extremidade oposta à tampa, um dosador integrado, co-moldado em TPE.

Fonte: http://www.coldisthenewhot.com/

http://glaucoac.blogspot.com/

Comentários (4)

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também