Rotulagem Ambiental I

Postado em 03 setembro 2008 por Elisa Quartim

A comunicação é a chave para a mudança de comportamento na sociedade moderna em direção ao desenvolvimento sustentável e o setor produtivo tem dado importantes contribuições através dos mais variados mecanismos. Um exemplo é a rotulagem ambiental de produtos que se consolidou em diversos países através das auto-declarações, muitas já ajustadas aos padrões internacionais da ISO. Atenta à necessidade de normalizar a relação entre produtos e consumidores ou relações B2B (Business to Business), a ISO criou a série de normas 14020. No escopo da ISO, os tipos de rotulagem ambiental são três, a saber:

• Rotulagem Tipo I – Programas de Selo Verde
• Rotulagem Tipo II – Auto-Declarações Ambientais
• Rotulagem Tipo III – Inclui avaliações de Ciclo de Vida

Rotulagem Tipo I – NBR ISO 14024
Esta Norma “estabelece os princípios e procedimentos para o desenvolvimento de programas
de rotulagem ambiental, incluindo a seleção de categorias de produtos, critérios ambientais dos
produtos e características funcionais dos produtos, e para avaliar e demonstrar sua conformidade.
Esta Norma também estabelece os procedimentos de certificação para a concessão do rótulo”.

Rotulagem Tipo II – NBR ISO 14021
Esta Norma “especifica os requisitos para auto-declarações ambientais, incluindo textos, sím-
bolos e gráficos, no que se refere aos produtos. Ela descreve, ainda, termos selecionados usados
comumente em declarações ambientais e fornece qualificações para seu uso. Esta Norma também
descreve uma metodologia de avaliação e verificação geral para auto-declarações ambientais e
métodos específicos de avaliação e verificação para as declarações selecionadas nesta Norma”.

Rotulagem Tipo III – ISO 14025
Esta Norma ainda está sendo elaborada no âmbito da ISO. Ela tem alto grau de complexidade devido à inclusão da ferramenta Avaliação do Ciclo de Vida. A percepção é de que ainda há um longo caminho a ser percorrido para que este tipo de rotulagem ganhe o mercado, visto que a ferramenta de ACV ainda não está definitivamente consolidada do ponto de vista técnico.

O Desenvolvimento da Auto-Declaração

(Tipo II) no Brasil
As auto-declarações têm ganhado destaque no cenário brasileiro para embalagens em geral, consolidando-se como a melhor interface com o consumidor. Embora nem todos os símbolos estejam normalizados, grande parte já está consolidado. Os símbolos abaixo são amplamente reconhecidos pelo consumidor e devem ser fruto de Norma Técnica para o mercado nacional.

http://www.abre.org.br

Deixe uma resposta

Advertise Here

Assine

Insira seu endereço de email nos campos abaixo:
Newsletter Embalagem Sustentável

 
Receba atualizações do site via FeedBurner

Grupo EmbalagemSustentavel
Nossa lista de discussão no Yahoo!
* Embalagem Sustentável é contra spam

Veja também